quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 32 milhões

Ninguém acertou as seis dezenas sorteadas nesta quarta-feira (3) pela Caixa Econômica Federal no concurso 1.306 da Mega-Sena. O sorteio foi realizado em Pouso Alegre (MG).
Confira os números sorteados: 06 - 19 - 22 - 34 - 43 - 45.

De acordo com a Caixa, o prêmio acumulou e deve ser de R$ 32 milhões, que será sorteado no próximo sábado (6).
A Caixa informou que 167 apostas acertaram a Quina e receberão R$ 14.988,50 cada. Outros 10.694 bilhetes acertaram a Quadra e receberão prêmio de R$ 334,37 cada um.
Justiça reduz pensão alimentícia paga por Zé Elias para um salário mínimo

Zé Elias conseguiu importante vitória na Justiça. A pensão de R$ 25 mil mensais a ex-esposa Silvia Regina Corrêa de Castro, com quem teve dois filhos, foi reduzida para um salário mínimo (R$ 545). A juíza Graciella Salzman atendeu ao pedido da defesa do ex-jogador e autorizou a redução. A decisão foi publicada no Diário da Justiça.

Zé Elias, entretanto, permanecerá preso até o dia 21 de agosto, conforme os 30 dias de mandado de prisão. A defesa de Zé Elias alegou que o ex-jogador estava desempregado, acrescentando que os salários em trabalhos anteriores eram bem inferiores ao valor pedido pela ex-esposa.

A advogada do ex-jogador, Rita de Cássia Alves Moura, está impedida de se manifestar publicamente, conforme decisão da 12ª Vara da Família de São Paulo. A advogada pediu intervenção junto à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para reverter a decisão.

O processo judicial entre as partes existe desde 2006, quando o ex-volante separou-se de Silvia. Em 2009, Zé Elias parou de jogar e quis que a pensão fosse reduzida, mas teve o pedido negado. Depois que abandonou a carreira de jogador de futebol, em 2009, Zé Elias tentou virar comentarista nas rádios CBN e Globo, mas não obteve êxito e acabou deixando as emissoras.
Homem é morto em possível acerto de contas em Sarandi

Um homem morreu baleado na noite de quarta-feira (4) em Sarandi, na Região Metropolitana de Maringá. Segundo a Polícia Militar, a suspeita é de que o crime tenha ocorrido em um possível acerto de contas.

Rosenildo Teixeira foi baleado em uma residência na Rua das Tulipas, no Jardim Verão. Ele chegou a ser encaminhado para o Hospital Metropolitano, mas morreu.Os policiais encontraram o acusado de cometer o crime em uma casa na Rua Vitória Régia, no mesmo bairro onde o crime foi cometido. O homem tentou fugir, mas foi detido. Dentro da casa, foram encontrados a arma do crime (revólver de calibre 38) e 51 gramas de crack e 10 gramas de maconha.

O acusado de cometer o crime teria relatado que disparou contra Teixeira porque estava sendo ameaçado de morte. A polícia, no entanto, suspeita que o crime tenha sido motivado por conta de dívidas que Teixeira tinha com o acusado. O caso era investigado pela Polícia Civil.

O acusado foi levado para a delegacia de Sarandi, juntamente com um traficante de drogas que residia no imóvel onde ele foi encontrado. O corpo de Teixeira seguiu para o Instituto Médico Legal (IML) de Maringá.