Postagens

Mostrando postagens de Agosto 28, 2011
Vereadores que mais faltam querem 21 vagas na Câmara

Apesar de a fiscalização dos serviços públicos e dos atos do Executivo ser uma das principais atribuições do vereador, ela não é uma obrigação.
A lei exige, apenas, que o parlamentar compareça às sessões e participe das comissões permanentes da Câmara, mas o último relatório do Observatório Social de Maringá (OSM), obtido com exclusividade por O Diário, revela que nem isso alguns vereadores têm feito .
Lanternas na apresentação de requerimentos, Wellington Andrade (PRP) e John Alves (PMDB) também são os mais faltosos tanto nas sessões ordinárias quanto nas comissões das quais participavam até a semana passada.

No 1º semestre, John teve 25% de faltas e Wellington, 29%. Os dois querem aumentar para 21 o número de vereadores na Câmara, sendo John o principal articulador do projeto.
Ambos correriam o risco de cassação não fosse uma alteração no Regimento Interno da Casa, feita em junho de 2010. Antes, as faltas – que não podem passar de 33,3…