segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Estado de saúde do Papa faz aumentar rumor de renúncia


O Vaticano desmentiu a reportagem de um jornal italiano publicada neste domingo que dizia que o papa Bento 16 estaria considerando renunciar ao cargo no próximo ano, quando completa 85 anos.

"A saúde do papa está excelente", disse o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi. "Nós não sabemos nada sobre isso. Pergunte para a pessoa que escreveu isso."

O escritor católico Antonio Socci, escrevendo para a edição de domingo do jornal Libero, disse que o papa estava considerando renunciar em abril de 2012, quando ele completa 85 anos. Ele não citou nenhuma fonte ou razões.

Em um livro no ano passado, o papa disse que poderia não hesitar em se tornar o primeiro pontífice a renunciar em mais de 700 anos, se ele não se sentir mais apto, "fisicamente, psicologicamente e espiritualmente", a liderar a Igreja Católica.

Lombardi disse que o papa "estava indo muito bem" durante a viagem a sua terra natal, a Alemanha. "É claro que ele ainda é capaz de ligar com compromissos muito difíceis", afirmou (com agência EFE).
Idoso reage a assalto e é morto a tiros em Mandaguari

Um idoso de 62 anos foi morto, na noite de domingo (25), após uma tentativa de assalto na área central de Mandaguari, região de Maringá. O idoso estava na residência, onde mora com a mulher, quando quatro homens armados tentaram arrombar a porta.

De acordo com informações da Polícia Militar (PM), o idoso teria aberto a porta e, então, reagido ao assalto, sendo baleado pelos bandidos. O idoso morreu no local. Os bandidos fugiram em um carro de cor escura e a polícia não tinha informações sobre suspeitos as 7h40.
O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Maringá.
Após briga de família, homem é morto a tiros; sogro é acusado

Após uma briga de família no domingo (25), um homem de 31 anos foi assassinado com vários tiros em uma rua de Barbosa Ferraz, a aproximadamente 100 quilômetros de Maringá. Segundo a Polícia Militar (PM), os tiros teriam sido disparados pelo sogro da vítima.
O caso será investigado pela Polícia Civil, que vai ouvir o autor do homicídio e os outros familiares envolvidos na briga. O corpo do homem foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Campo Mourão.