30 deputados do PR querem ser candidatos

Com um ano de mandato, deputados estaduais e federais do Paraná já miram as eleições municipais marcadas para outubro. Na Assembleia Legislativa, pelo menos 21 dos 54 parlamentares são considerados pré-candidatos. Entre os deputados federais, pelo menos nove parlamentares cogitam trocar seus gabinetes em Brasília pelo de prefeito. Pela Lei Eleitoral, deputados não precisam licenciar-se dos mandatos para concorrer a outro cargo. O registro das candidaturas precisa ser feito até 5 de julho.

Na Assembleia, as eleições deste ano tendem a desfalcar a diminuta bancada de oposição, já que cinco dos sete deputados do PT têm interesse em concorrer. Mas, de uma forma geral, o trabalho no Legislativo ficará esvaziado, pois mesmo aqueles que não concorrem atuam de alguma forma na eleição.
Em algumas cidades, a disputa pode envolver até três deputados. Caso de Ponta Grossa, onde o estadual Marcelo Rangel (PPS) e o federal Sandro Alex (PPS), que são irmãos, precisam decidir quem vai à disputa. Além deles, Péricles de Mello (PT) e o primeiro-secretário da Assembleia, Plauto Miró (DEM), também devem estar no páreo. O confronto triplo entre colegas da Assembleia pode acontecer também em Maringá, com Enio Verri (PT), Dr. Batista (PMN) e Evandro Júnior (PSDB).

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse