segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

30 deputados do PR querem ser candidatos

Com um ano de mandato, deputados estaduais e federais do Paraná já miram as eleições municipais marcadas para outubro. Na Assembleia Legislativa, pelo menos 21 dos 54 parlamentares são considerados pré-candidatos. Entre os deputados federais, pelo menos nove parlamentares cogitam trocar seus gabinetes em Brasília pelo de prefeito. Pela Lei Eleitoral, deputados não precisam licenciar-se dos mandatos para concorrer a outro cargo. O registro das candidaturas precisa ser feito até 5 de julho.

Na Assembleia, as eleições deste ano tendem a desfalcar a diminuta bancada de oposição, já que cinco dos sete deputados do PT têm interesse em concorrer. Mas, de uma forma geral, o trabalho no Legislativo ficará esvaziado, pois mesmo aqueles que não concorrem atuam de alguma forma na eleição.
Em algumas cidades, a disputa pode envolver até três deputados. Caso de Ponta Grossa, onde o estadual Marcelo Rangel (PPS) e o federal Sandro Alex (PPS), que são irmãos, precisam decidir quem vai à disputa. Além deles, Péricles de Mello (PT) e o primeiro-secretário da Assembleia, Plauto Miró (DEM), também devem estar no páreo. O confronto triplo entre colegas da Assembleia pode acontecer também em Maringá, com Enio Verri (PT), Dr. Batista (PMN) e Evandro Júnior (PSDB).

Nenhum comentário: