Ex-deputado tem habeas corpus negado no Paraná


O Tribunal de Justiça do Paraná negou o pedido de habeas corpus do ex-deputado estadual Carlos Simões, preso na última quinta-feira (26) acusado de peculato.

Com a decisão do desembargador Valter Ressel, Simões permanece preso no Centro de Triagem II de Piraquara.

A prisão do ex-deputado é um desdobramento da "Operação Gafanhoto", que investiga desvio de salário de servidores por parte de parlamentares. Ele foi detido por não apresentar um comprovante de endereço válido.

Comentários

As mais visitadas

Jovem morre ao ser atingido por raio

Estudante é levado à delegacia por ato obsceno dentro de biblioteca de universidade, em Maringá

CRM-PR retira indicativo de interdição ética da UPA de Sarandi