Vereadores de Maringá podem ser suspensos por excesso de faltas


Dois vereadores de Maringá correm o risco de serem suspensos no retorno do recesso da Câmara Municipal de Maringá por terem excedido o número limite de faltas em sessões no ano passado.

Segundo o presidente da Câmara, Mário Hossokawa (PMDB), o vereador Wellington Andrade (PRP) faltou a 23 sessões em 2011 sem apresentar justificativa, enquanto o colega John Alves Correa (PMDB) - atualmente licenciado - deixou de comparecer a 15 sessões. O Regimento Interno da Câmara prevê punição ao membro que tiver três faltas consecutivas ou mais de dez no ano.

"A decisão de suspender o John e o Wellington caberá à Mesa Executiva. Assim que retornarmos ao trabalho vamos avaliar os dois casos e decidir pela punição ou não. A pena mínima é de sete dias e a máxima de 21 dias", explicou Hossokawa, ressaltando que os dias ausentes foram descontados da folha de pagamento dos dois.

Fonte: O Diário

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse