Vereadores de Maringá são punidos com 7 e 14 dias de suspensão por faltas


Os vereadores Wellington Andrade (PRP) e John Alves Correa (PMDB) foram punidos com 7 e 14 dias de suspensão, respectivamente, por faltarem às sessões na Câmara de Maringá em 2011 sem justificativa. Andrade faltou 23 sessões e Correa 15 sessões. A decisão foi tomada pela mesa executiva da Casa após reunião no inicio da noite desta quinta-feira (2).

A punição prevê ainda o desconto de R$ 210, por dia suspenso, na folha de pagamento. “Aplicamos o que o regimento interno determina. A cada 10 faltas que o vereador tiver durante o ano a mesa executiva aplica o mínimo de suspensão que é sete dias. Além disso, terão desconto no salário”, disse o presidente da Câmara, Mário Hossokawa (PMDB).

Além dos dois punidos, outros parlamentares faltaram às sessões e não justificaram. São eles: Carlos Eduardo Sabóia (4); Marly Martin (3); Manoel Sobrinho (1); Aparecido Regini “Zebrão” (1); Paulo Soni (1); e Flávio Vicente (1). Os seis não foram punidos porque não excederam o limite máximo de faltas, que é dez faltas, segundo Hossokawa.

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse