Centenas de caminhões seguem parados em três regionais 


Centenas de caminhões seguem parados nesta segunda-feira (30) em pelo menos 75 municípios das regiões Noroeste e Centro-Oeste do Paraná. O manifesto acontece por conta da orientação do Movimento União Brasil Caminhoneiro (MUBC) de suspender a atividade de transporte de cargas em todo Brasil. O Sindicato dos Transportadores Autônomos de Carga (Sinditac) do Paraná possui três sedes na região, em Campo Mourão (abrange 25 municípios), Astorga (22) e Paranavaí (28). Os presidentes das três sedes c“Eles nem saem para viajar, cada caminhão fica na própria garagem mesmo”, declarou o presidente do Sinditac em Paranavái, Sérgio Godoi. Segundo ele, alguns caminhões também param na rodovia ou em postos de combustíveis. De acordo com o presidente do sindicato em Campo Mourão, José Severino Provasi, a indicação para os caminhoneiros é que cada um, pelo menos, fique parado por três horas. “Se muitos caminhoneiros tivessem feito essa paralisação ainda na semana passada, já teríamos o documento assinado”, analisou Provasi. Segundo ele, muitos começaram a aderir a campanha nesta segunda (30). “Aqui está funcionando [nesta segunda] a paralisação na saída para Guarapuava. Também começamos pela manhã em Mamborê, com 170 caminhões, e Moreira Salles [não informado a quantidade]”, declarou o presidente do sindicato.onfirmaram que 80% da frota segue parada.

Comentários

As mais visitadas

Mulher é assassinada e tem galho introduzido nas partes íntimas

Feto é encontrado em estação de tratamento de esgoto

Sem cueca e usando saia, homem mostra pênis para adolescentes