Cresce apoio à revista de alunos em escolas do PR

Os paranaenses estão cada vez mais preocupados com a entrada de armas e drogas no ambiente escolar. É o que revela um novo levantamento da Paraná Pesquisas para a Gazeta do Povo. Há um ano, 80,5% dos entrevistados disseram concordar que os alunos passem por revista antes de entrar no colégio. Esse índice, que já era alto, agora aumentou – 86,6% são favoráveis à prática. Apesar da aprovação popular, especialistas não acreditam na eficácia da medida no combate à violência nas escolas. Outro dado que chama a atenção na pesquisa, em que foram ouvidos 1.505 paranaenses em 80 municípios do estado, é o alto índice de preocupação dos pais: quando os filhos estão na escola, 53,93% deles não se sentem tranquilos. Essa insegurança, somada à alta aprovação de medidas como a revista nas escolas, mostra que, quando se trata da segurança dos filhos, as pessoas parecem estar mais condescendentes com atitudes extremas de autoridade.Para a pesquisadora do Núcleo de Estudos da Violência da Universidade de São Paulo (NEV-USP) Caren Ruotti, a tolerância a medidas mais drásticas se alastra pela sociedade à medida que a violência se aproxima delas.

Comentários

As mais visitadas

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Sarandi concorre ao Prêmio Gestor Público Paraná

Mulher é assassinada e tem galho introduzido nas partes íntimas