Juiz nega pedido do MP e mantém candidatura a prefeito de Londrina de Barbosa Neto

O juiz da 41ª Zona Eleitoral de Londrina, Álvaro Rodrigues Junior, manteve o registro de candidatura do prefeito cassado Barbosa Neto (PDT), negando o pedido de anulação feito pelo Ministério O magistrado entende que o prazo para pedido de impugnação já havia sido encerrado antes da perda de mandato do ex-prefeito, ocorrida no último dia 30 de julho. Ele afirma que a suspensão dos direitos políticos só deve ser questionada, caso ele seja eleito.Público EleitoraSuzana havia entrado com o recurso após a suspensão do mandato de Barbosa Neto pelo Legislativo. Ele é acusado de omissão e negligência no caso em que foi vigias pagos pela prefeitura teriam trabalhado na rádio de propriedade de sua família. O pedetista ganhou três dias para apresentar sua defesa à Justiça Eleitoral, que foi capitaneada pela presidente do PDT em Londrina, Daiane Medeiros, e por Adolfo Góis. A decisão do juiz pode causar indefinição no pleito de outubro, já que Barbosa Neto pode ser eleito, mas não pode assumir, pois teve os direitos políticos suspensos por oito anos, em virtude da cassação. O episódio de 2008, quando aconteceu um terceiro turno após o impedimento de Antônio Belinati exercer a chefia do Exeutivo, pode se repetir.

Comentários

As mais visitadas

OCORRÊNCIAS DO SETOR POLICIAL EM MARINGÁ FINAL DE SEMANA

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Sarandi concorre ao Prêmio Gestor Público Paraná