Número de homicídios cresce 15% na região de Maringá, aponta relatório

O número de homicídios na região de Maringá cresceu 15,6% no primeiro semestre de 2012 em relação ao mesmo período do ano passado. No total, nas 24 cidades que compõem a 17ª Área Integrada de Segurança Pública (AISP), foram registrados 74 assassinatos este ano contra 64 em 2011. Somente em Maringá, foram 28 homicídios no primeiro semestre de 2012. Não há informação sobre o índice separado do município em 2011. Os dados foram divulgados na manhã desta segunda-feira (6) em um relatório de criminalidade da Secretaria de Em todo o Paraná, aconteceram 1.552 homicídios no primeiro semestre deste ano, contra 1.531 no mesmo período do ano passado, um aumento de 1,35%. O índice deste tipo de crime caiu 15% em Curitiba e 41,94% em Umuarama, uma das maiores quedas, segundo a Sesp. De acordo com o balanço, as localidades mais críticas do interior do estado são Londrina, Foz do Iguaçu eCascavel. “Londrina deve receber a primeira UPS [Unidade Paraná Seguro] do interior”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Reinaldo de Almeida Cesar em nota publicada pela Agência Estadual de Notícias (AEN). Aumento da violência O professor Raymundo de Lima, do curso de Ciências Sociais da Universidade Estadual de Maringá (UEM), aponta dois motivos para o aumento nos casos de homicídio em Maringá. O primeiro fator seria o crescimento desordenado do Município. “Se uma cidade cresce desordenadamente, óbvio que vai encadear sintomas como a criminalidade”, disse. “(A cidade) passa a atrair pessoas de fora, com interesses criminosos.” O segundo motivo, segundo o professor, foi a divulgação na mídia de que Maringá era uma cidade segura. “Maringá começou a se deteriorar a partir do momento que a cidade foi divulgada pelo Brasil como um lugar de boa qualidade de vida”, comentou. “A bandidagem migra para cidades com melhores oportunidades para eles trabalharem.”Segurança Publica do Estado do Paraná (Sesp).

Comentários

As mais visitadas

Mulher é assassinada e tem galho introduzido nas partes íntimas

Polícia Rodoviaria de Iporã apreende caminhonete carregada com 11 Fuzis, condutor e carona são de Sarandi

Clínica da Mulher de Sarandi é interditada