Quatro vereadores assinam pedido de CPI da Publicidade; falta uma assinatura

A abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar possíveis irregularidades na licitação de publicidade da Prefeitura de Maringá depende da assinatura de mais um vereador da Câmara Municipal de Maringá (CMM) para ser instaurada. Além dos vereadores Humberto Henrique (PT) e Mário Verri (PT), autores do projeto, Marly Martins (PPL) e Manoel Sobrinho (PC do B) assinaram o documento. De acordo com o regimento interno da Casa, são necessárias cinco assinaturas para que a CPI entre em vigor. Caso a CPI seja instaurada, Henrique explica que o inquérito será encaminhado ao presidente da CMM, Mário Hossokawa (PMDB), e à Comissão Jurídica da Casa. Após os trâmites legais, a CPI terá 90 dias para apurar se houve irregularidade na licitação de publicidade conduzida pela Prefeitura e no contrato entre o Município e a agência Meta Propaganda.

Comentários

As mais visitadas

OCORRÊNCIAS DO SETOR POLICIAL EM MARINGÁ FINAL DE SEMANA

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Sarandi concorre ao Prêmio Gestor Público Paraná