TERMINOU EM "PIZZA"

O relatório do deputado Odair Cunha (PT-MG), apresentado há três semanas e alvo de muita polêmica, foi rejeitado pelos parlamentares da CPI do Cachoeira nesta terça-feira (18). A oposição, com 18 votos contra, venceu a bancada governista, que conseguiu 16 votos a favor do relatório. Os parlamentares, no entanto, aprovaram, por 21 votos a 7, o voto em separado, espécie de "relatório alternativo", do deputado Luiz Pitiman (PMDB-DF). O documento de Pitiman, de apenas uma página e meia, pede que o Ministério Público e a Polícia Federal continuem as investigações a partir do material que a comissão recolheu, mas não sugere nenhum indiciamento nem responsabilização penal.

Comentários

As mais visitadas

Sarandi concorre ao Prêmio Gestor Público Paraná

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Mulher é assassinada e tem galho introduzido nas partes íntimas