sexta-feira, 30 de março de 2012

greve de Viagra


“Vida dura para nós, nada de Viagra para vocês”. Esse é o lema dos protestos iniciados pelo sindicato dos farmacêuticos hospitalares italianos na cidade de Lazio e que se expandiu por toda a Itália. A categoria comunicou que, a partir de 30 de abril, deixará de fornecer o Viagra, medicamento utilizado para combater a disfunção erétil, caso o governo não atenda às reivindicações.

Os trabalhadores reclamam que seus direitos não são equiparados aos dos outros farmacêuticos, principalmente no que diz respeito aos concursos para a abertura de cinco mil novas farmácias. "Nossa medida [de não distribuir Viagra] é uma provocação, obviamente. Não podemos bloquear a entrega de drogas anticancerígenas, por exemplo, mas podemos fazer isso com medicamentos que não são vitais para o paciente", disse à ANSA Loredana Vasselli, diretora de uma famárcia hospitalar em Roma.

"Não entregar o Viagra serve para chamar a atenção e nos permite dizer que nos opomos à flexibilização e aos cortes no setor. As novas medidas estão permitindo a entrada de funcionários privados ao setor público", afirmou a farmacêutica.

Com a crise que assola a Itália, o governo técnico de Mario Monti tomou numerosas medidas de cortes de gastos públicos, inclusive em setores como o da Saúde e o da Educação. Monti substituiu Silvio Berlusconi em meados de novembro do ano passado para tentar recuperar aquela que é a terceira maior economia da zona do euro.
Secretários de Sarandi se desincompatibilizam

Hoje, 30 de março os Secretários municipais de Sarandi que vão ser candidatos nas próximas eleições se desincompatibilizaram dos cargos, conforme determina o Tribunal Superior Eleitoral, quanto à necessidade da observância dos prazos de 06 (seis) meses para a desincompatibilização em se tratando de candidatura a vereador e de 04 (quatro) meses em se tratando de candidatura a prefeito.

Em Sarandi, deixam a administração o chefe de gabinete Luiz Aguiar, a secretaria de educação Eliana Trautwein Santiago, secretario de fazenda Carlos Roberto Falaschi e o superintendente da Autarquia Águas de Sarandi, Valdir da Silva. Os novos Secretários ainda não foram anunciados.

Com informações: Assessoria de Comunicação de Sarandi