Postagens

Mostrando postagens de Julho 3, 2012
Imagem
Começa em agosto a construção do Conjunto José Richa em Sarandi


A Prefeitura Municipal de Sarandi assinou hoje, (3) um convênio para a construção de casas populares com a Companhia de Habitação do Paraná, (Cohapar), Caixa Econômica Federal, construtora Monolux e a Prefeitura. Serão construídas 471 casas, no Jardim da Torres zona sul da cidade, o conjunto vai receber o nome do Governador José Richa. Segundo o diretor da construtora Monolux Divanir Braz Palmas, as casas vão ser construídas com toda infra estrutura, asfalto, água luz, aquecimento solar. As obras devem começar na primeira semana de agosto, e a previsão de entrega é de 12 meses. Para o gerente regional da Cohapar Djalma Timoteo da Silva esta é uma parceria que funciona. “A nossa meta é reduzir o déficit habitacional no Paraná, e com esta parceria nós conseguimos atender as famílias com renda até 3 salários mínimos. Nós temos no Paraná 280 mil pessoas a espera de casas, por isto sabemos que este empreendimento vai ser um…
Governo quer aprovar mudanças no fator previdenciário em agosto
O governo federal pretende votar em agosto, na Câmara dos Deputados, o projeto que promove mudanças no fator previdenciário. A ideia é fechar um acordo entre líderes de partidos, Ministério da Previdência e Ministério da Fazenda na próxima terça-feira (10). A votação ficaria para depois do recesso parlamentar. A negociação para promover a alteração foi confirmada pela ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, durante café da manhã com jornalistas, nesta terça-feira (3). O fator previdenciário é uma equação utilizada para calcular a aposentadoria do segurado do INSS levando em consideração a idade ao se aposentar, o tempo de contribuição e a expectativa de vida. "É importante a gente fazer a correção de algum tipo de injustiça que a fórmula do cálculo das aposentadorias embute no fator previdenciário. É correto isso? É, mas então vamos aproveitar isso pra discutir, dar uma reestruturada, e sustentabilidad…
MP acusa funcionários do DER por irregularidades em Campo Mourão 
O Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Proteção ao Patrimônio de Campo Mourão, ingressou na sexta-feira (29), com ação civil pública por atos de improbidade administrativa contra o gerente e o ex-tesoureiro do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) de Campo Mourão. A investigação do Ministério Público apontou que o tesoureiro do DER, João Carlos Marques, por meio de um sistema interno de pagamento de diárias, emitiu diversas "solicitações frias" em nome de outros servidores da mesma unidade, desviando dos cofres públicos, no período de 18 meses, mais de 30 mil reais. O gerente do escritório, segundo a Promotoria, também responderá civilmente por omissão, uma vez que era responsável por todas as despesas e pela fiscalização dos serviços que deveriam ter sido efetuados pela Regional de Campo Mourão. Se condenados pela Justiça, os réus poderão, além de ressarcir o dano causado, pagar multa, p…