Sarandi: Maleta com suposta bomba tinha apenas documentos pessoais e agenda


Fotos de Leandro Santos

Na maleta suspeita de conter uma bomba, deixada na agência bancária do HSBC da Avenida Londrina, região central de Sarandi, havia apenas documentos pessoais, uma agenda e outros documentos. A detonação do objeto foi feita por volta das 14 horas desta segunda-feira (27) por uma equipe do Comandos e Operações Especiais (COE) da Polícia Militar do Paraná, que veio de Curitiba.O capitão da Polícia Militar (PM) de Sarandi, Gilson Machado Dias, comentou que a maleta foi deixada de propósito no local. “Pelas imagens [das câmeras de segurança] ele foi para deixar a maleta. Tudo indica que fez de propósito. Agora vamos identificar essa pessoa e descobrir a real intenção”, comentou Dias. De acordo com a PM, uma equipe de funcionários da agência acionou a polícia por volta das 9 horas desta segunda (27) após encontrarem a maleta abandonada e de procedência desconhecida na área dos caixas eletrônicos. Desde então, toda a área próxima ao banco foi isolada, gerando um transtorno que durou aproximadamente cinco horas.

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse