APÓS IR AO DENTISTA E RETIRAR DENTES JOVEM ACABA MORRENDO

A cozinheira Suely Vita de Oliveira está pedindo ajuda da Polícia Civil para apurar as circunstâncias da morte do filho, Fernando de Oliveira Marques, 23 anos. O rapaz morreu dia 30 de junho, em decorrência de um quadro grave de infecção bacteriana, supostamente ocasionada após uma extração dentária. A cozinheira suspeita que a infecção tenha ocorrido por uma falha da dentista responsável pelo procedimento. Na denúncia registrada na tarde de terça-feira, Suely relatou que o filho procurou atendimento odontológico dia 19 de junho para retirada de dentes do siso. Segundo ela, após o procedimento, a dentista teria receitado um analgésico. No dia seguinte, após reclamar de fortes dores, o rapaz teria ligado para a dentista e foi orientado a retornar à clínica para avaliação. "Como estava com muita dor, ele preferiu ir a um posto de saúde, onde foi medicado com soro e analgésico." Ainda de acordo com a cozinheira, após 3 dias de atendimentos na UPA Zona Norte, Marques passou a apresentar inchaço em todo o rosto, além de quadro infeccioso. Ele foi transferido para o Hospital Universitário (HU). Exames confirmaram que a infecção já havia chegado ao pulmão. Após permanecer em coma induzido, Marques não resistiu. Em nota,a dentista citada pela cozinheira confirmou que Marques se submeteu a procedimento para duas extrações de 3º molar, mas que as extrações foram feitas de forma simples (não cirúrgica) e sem complicações. "O paciente foi devidamente orientado sobre os cuidados pós-operatórios e recebeu o tipo de medicação adequada", diz a dentista, acrescentando estar à disposição das autoridades para esclarecer o ocorrido.

Fonte: O Diário

Comentários

As mais visitadas

Semana Jurídica em Sarandi

CEMEI de Sarandi realiza evento cultural em comemoração ao dia das crianças

Idoso suspeito tocar corpo de criança por R$ 50,00 permanece preso