Sarandi terá 85% de moradias ligadas na rede de esgoto


 O Município de Sarandi vai receber o maior investimento da história do governo federal R$ 26 milhões para saneamento básico que fazem parte do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). Os recursos foram obtidos pelo Deputado Federal Edmar Arruda, Deputado Estadual Enio Verri e da Ministra Gleisi Hoffmam. O anúncio foi feito, pela presidente da República, Dilma Rousseff (PT), e o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro. Os recursos serão utilizados para a construção de galerias de esgoto em 85% dos domicílios, atualmente Sarandi conta 6% de rede de esgoto. O Deputado Edmar Arruda contou aos jornalista, em entrevista coletiva, na última segunda-feira (28), que Sarandi não estava na lista para receber recurso para o saneamento, e que a cidade só se beneficiou graças ao empenho dos técnicos da Autarquia Águas de Sarandi, e da persistência do Prefeito Carlos Alberto de Paula que conseguiram fazer um projeto com as especificações que pedia o ministério das cidades, e da persistência do Prefeito Carlos Alberto de Paula, que esteve várias vezes no gabinete dos Deputados, com os projetos em baixo do braço pedindo ajuda para o município, foi a união de todas as forças.”A vinda destes recursos para Sarandi nos prova mais uma vez que temos que somar ignorando as bandeiras partidárias para conseguirmos recursos para os nossos municípios. Sarandi vai passar de 6% de coleta de esgoto para 85% dos domicílios. Eu tenho certeza que até o final desta obra nos vamos conseguir mais recursos para chegar a 100% dos domicílios. Aquela história que esgoto é obra que não aparece é coisa do passado para nós, esgoto tem que ser priorizado, é questão de saúde”, explicou o Deputado Para o Deputado Estadual Enio Verri, foi o trabalho de muita gente para que estes recursos viessem para Sarandi.”Os recursos estão disponíveis, só que para conseguir que eles cheguem nos lugares certos é preciso bons projetos e muito trabalho do prefeito dos deputados, e o Edmar abraçou esta causa para Sarandi porque conhece os problemas que a cidade enfrenta, a ministra Gleisi Hoffmann, também entendeu a importância do saneamento para Sarandi e cuidou para que mais da metade dos recursos disponibilizados para saneamento viessem para o município, nós vamos continuar ajudando sempre que pudermos tendo bons projetos nós conseguimos a liberação dos recursos. Segundo o Prefeito Carlos Alberto de Paula Junior, os projetos devem ser entregues para a Caixa até Dezembro e a obra deve começar até maio.” Este número de domicílios com esgoto vai colocar nossa cidade em um patamar diferente, vamos deixar de ser uma ilha do terceiro mundo, isto graças ao trabalho de uma equipe que esta empenhada em mudar a nossa realidade”. 

Com informações:  Assessoria de Comunicação de Sarandi

Comentários

As mais visitadas

Sarandi concorre ao Prêmio Gestor Público Paraná

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Mulher é assassinada e tem galho introduzido nas partes íntimas