Borba considera injusta pena que terá de cumprir



O ex-prefeito de Jandaia do Sul José Borba considerou injusta a pena que terá de cumprir o quanto antes, por conta de sua condenação no processo do mensalão, conforme definiu o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, na noite de terça-feira (19). A informação é do advogado do condenado, Inocencio Mártires Coelho.Borba foi condenado em novembro de 2012 pelo crime de corrupção passiva no mensalão. A princípio, o político teria de cumprir dois anos e seis meses de prisão em regime fechado, mas a pena foi revista e ele terá de pagar 300 salários mínimos (R$ 203,4 mil) a uma entidade assistencial. Segundo o advogado, Borba já esperava o valor a ser pago, mas isso não evitou a decepção. “Achamos excessivo, mas pelo menos não foi em regime fechado. O valor a ser pago não corresponde ao grau de culpabilidade. O Supremo não conseguiu provar que ele teria tomado posse desses valores. Ficamos insatisfeitos, mas com o STF não se discute.”

Minha opinião: Deveria é ter ido para cadeia e ver o sol nascer quadrado, é muita  cara de pau  reclamar da pena que foi imputada.

Comentários

As mais visitadas

CEMEI de Sarandi realiza evento cultural em comemoração ao dia das crianças

Idoso suspeito tocar corpo de criança por R$ 50,00 permanece preso

Semana Jurídica em Sarandi