quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Borba considera injusta pena que terá de cumprir



O ex-prefeito de Jandaia do Sul José Borba considerou injusta a pena que terá de cumprir o quanto antes, por conta de sua condenação no processo do mensalão, conforme definiu o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, na noite de terça-feira (19). A informação é do advogado do condenado, Inocencio Mártires Coelho.Borba foi condenado em novembro de 2012 pelo crime de corrupção passiva no mensalão. A princípio, o político teria de cumprir dois anos e seis meses de prisão em regime fechado, mas a pena foi revista e ele terá de pagar 300 salários mínimos (R$ 203,4 mil) a uma entidade assistencial. Segundo o advogado, Borba já esperava o valor a ser pago, mas isso não evitou a decepção. “Achamos excessivo, mas pelo menos não foi em regime fechado. O valor a ser pago não corresponde ao grau de culpabilidade. O Supremo não conseguiu provar que ele teria tomado posse desses valores. Ficamos insatisfeitos, mas com o STF não se discute.”

Minha opinião: Deveria é ter ido para cadeia e ver o sol nascer quadrado, é muita  cara de pau  reclamar da pena que foi imputada.

Nenhum comentário: