TRANSEG fiscaliza mototaxistas de Sarandi

A Secretaria Municipal de Trânsito e Segurança Pública de Sarandi (TRANSEG), realizou uma operação para fiscalizar as empresas de mototáxi, a pedido do Ministério Público. Duas empresas foram fechadas por não estarem com a documentação exigida, 6 motos foram apreendidas e foram feitas 32 autuações. Segundo o Secretario Aparecido Antonio, existe muitos mototaxistas de Sarandi fazendo o transporte de passageiros para outras cidades sem estarem legalizados, apenas uma empresa tinha toda a documentação exigida para fazer este tipo de trabalho. Conforme o Secretario a Guarda Municipal vai intensificar a fiscalização. Para a legalização da profissão no município é necessário ter idade superior a 21 anos, ter o curso de pilotagem, ter apólice de seguro para terceiros no valor de R$ 15 mil reais, o motociclista tem que ter a habilitação a mais de 2 anos e os veículos tem que ser inspecionados de seis em seis meses. a moto tem que ter no máximo 10 anos de uso e ter de 125 a 300 cilindradas, estar com os equipamentos de segurança, antena, mata cachorro. A empresa tem ter o alvará de funcionamento emitido pela Prefeitura de Sarandi. 

Com informações: Assessoria de Comunicação de Sarandi

Comentários

As mais visitadas

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Sarandi concorre ao Prêmio Gestor Público Paraná

Sem cueca e usando saia, homem mostra pênis para adolescentes