Justiça suspende licitação de ônibus interestaduais

A Justiça determinou a suspensão por tempo indeterminado da licitação que seria realizada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para leiloar 2.010 linhas de ônibus interestaduais. A medida tem caráter liminar e atendeu a um pedido do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de São Paulo. A agência informou que atenderá a determinação judicial, mas que deverá recorrA decisão foi tomada pelo desembargador federal Jirair Aram Meguerian, do Tribunal Regional da Primeira Região. Meguerian concordou com a argumentação do sindicato, que questiona os prazos previstos para contestação do edital (até dez dias antes da entrega das propostas, quando deveriam ser dois) e para que a agência dê resposta sobre os pedidos dois dias antes do leilão, diferentemente dos três previstos pela legislação atual. O leilão estava previsto para ocorrer até junho de 2014, mas as próprias concessionárias já haviam demonstrado contrariedade com os termos do edital. De acordo com as empresas, o processo provocará perda de concorrência e qualidade, inclusive com a possibilidade de linhas passarem a operar sem ar-condicionado. Já o governo federal vê a medida como uma forma de aumentar competitividade, reduzir as tarifas e melhorar o serviço.

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse