terça-feira, 30 de abril de 2013

JOVEM ADMITE ESTUPRO, MAIS FICA SOLTO POR FALTA DE VAGA EM CADEIAS

O agricultor Francisco Almir Galdino, de 22 anos, foi preso nesta segunda-feira (29) suspeito de ter estuprado uma menina de 11 anos. O crime aconteceu na cidade de Cerro Corá, a 128 quilômetros de Natal. O jovem, no entanto, continuará solto. “Ele não foi preso por que não foi pego em flagrante. E não pedimos a prisão preventiva porque não temos onde prendê-lo”, disse Raimundo Bezerra, chefe de investigações da delegacia de Currais Novos, responsável pelo inquérito que apura o crime. 


O coordenador do sistema penitenciário do Rio Grande do Norte, major PM Castelo Branco, disse que a decisão de prender ou não cabe à Polícia Civil. No entanto, ele admitiu que “a situação não é fácil”. Ao G1, ele disse que "a Justiça interditou os Centros de Detenção Provisória de Caicó, Currais Novos, Mossoró, Assu e Pau dos Ferros. Além disso, a comarca de Natal está sob intervenção judicial. A Secretaria (de Justiça e Cidadania) precisa de autorização judicial para trazer presos de outras regiões do estado para capital". Ele também afirmou que "isso acaba atrapalhando bastante, pois o preso fica aqui ao mesmo tempo em que responde pelo crime em outra cidade”. Mesmo assim, o major afirma que, se o delegado pedir a prisão, a Coordenadoria do Sistema Penitenciário irá solicitar autorização judicial para prender o suspeito em Natal dada a gravidade do crime.
O agricultor foi preso depois que a Polícia Militar foi chamada ao Conselho Tutelar, onde uma menina de onze anos estava acompanhada dos pais. “Ele acusaram o rapaz de ter praticado atos sexuais com a criança”, disse o soldado Ferreira. De acordo com a conselheira tutelar de Cerro Corá, Lucinéia Batista, a menina contou à mãe que mantinha um relacionamento com o rapaz. “Nós seguimos os procedimentos e levamos o caso para a polícia", informou. “Nós fomos até a casa do suspeito e o conduzimos à delegacia”, acrescentou o soldado. Ainda de acordo com o policial, o suspeito confessou que teve relações com a menina duas vezes. “Ele disse que a menina gostava dele, que tinha mandado cartas, mas ela é uma criança”, ressaltou. Na confissão do suspeito, documento que foi repassado ao G1 assinado pelo delegado Petrus Ferreira, o agricultor afirma que a menina é quem o chamava para se encontrar com ela e que eles tiveram relações sexuais por duas vezes.Esse o País da vergonha, para copa do mundo tem dinheiro, já a segurança, saúde e educação é um verdadeiro abandono.

Fonte Globo.com

RATINHO JUNIOR RECEBE EM SEU GABINETE O PREFEITO DE SARANDI LUIZ CARLOS AGUIAR




O Prefeito de Sarandi, Luiz Carlos de Aguiar esteve está semana em audiência com o Secretario de Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior (PSC). Aguiar foi acompanhado pelo Superintendente da Autarquia Águas de Sarandi,Valdir da Silva. O Prefeito foi discutir com Ratinho Junior, novos projetos e a liberação de recursos para o município. O Prefeito elogiou a atenção que o Governo Estadual vem dando para os pequenos e médios municípios. O Secretario demonstrou disposição em fazer parte desta aliança, para que o município continue com seu desenvolvimento.

Com informações: Assessoria de Comunicação de Sarandi

SARANDI FIRMA CONVÊNIO COM ENTIDADE PARA RECOLHIMENTO DE ANIMAIS

A Prefeitura Municipal de Sarandi vai firmar convênio com entidades assistências, filantrópicas e protetoras de animais para recolhimento de animais abandonados. O número de animais soltos nos bairros e regiões centrais é muito grande. A lei 1998/2013 do município prevê multa e perda da propriedade para quem deixar os animais soltos. A partir de agora, a fiscalização será mais rigorosa, e o recolhimento será feito pela entidade a ser conveniada pelo município. Os animais serão cadastrados, e quando identificados o proprietário, este terá que pagar taxas de serviços ao município, e o animal só será retirado quando o proprietário apresentar uma solução para o problema, como declaração que tem condições para cuidar de forma adequada dos animais. O não cumprimento por parte do proprietário do animal no prazo de 10 dias, implicará na perda do direito de propriedade do animal, a entidade poderá castrar leiloar, vender ou doar para quem possa cuidar. Os valores arrecadados como multas taxas e venda dos animais serão revertidos para a manutenção do convênio. Entende-se como animal abandonado, qualquer espécie solta, e que for encontrado perambulando pelas vias públicas e terrenos baldios na zona urbana e zona rural. 

Com informações:  Assessoria de Comunicação de Sarandi

SUPERINTENDENTE DO PRESERV DE SARANDI PAULO SERGIO ESCLARECE POSSÍVEL DESVIO DE DINHEIRO DO FUNDO











Valdir, bom dia 

realmente a indicios de irregularidades cometidas por uma funcionaria do preserv que ja foi afastada do cargo, onde imediatamente em seguída foi instaurada pela prefeitura, processo de sindicancia para apurar tais possíveis irregularidades. O Superintendente do PRESERV convocou uma reunião com o conselho, onde decidiram pela abertura de uma auditoria interna no RH que esta sendo realizada por uma empresa terceirizada e independente. A sindicancia está apurando os fatos e ao final tomará as providencias cabiveis. Cumpre ressaltar que foi o Superintendente quem descobriu as possíveis irregularidades e de imediato tomou as providencias cabiveis ao caso. Inclusive, nesta manhã, o Superintendente estará em reunião com os vereadores esclarecendo os fatos.