Agricultor cultiva abóbora de quase 300 quilos e ganha aposta




O agricultor Luiz Antonio Theisen, 48 anos, está rindo à toa. Morador de Linha Fátima, em Tunápolis, no oeste catarinense, ele venceu uma aposta com os amigos ao colher uma abóbora gigante de 286 quilos, espera conquistar a premiação na feira de Pinhalzinho, que ocorre de hoje a 1º de fevereiro, e de quebra, produziu uma das maiores abóboras que já se tem conhecimento no País. "Ninguém vai achar que vai colocar semente e vai ficar desse tamanho. É quase como namorar. Cada dia tem que dar uma olhada, ter muita dedicação", ressaltou. Cultivada em agosto do ano passado e transplantada para a lavoura em setembro, a abóbora pesava um quilo em 1º de dezembro. Em 57 dias, atingiu os quase 300 quilos. O peso médio dessa espécie de fruto é de cerca de 100 quilos. O segredo, segundo Theisen, é fazer análise de solo e correção da acidez. Além disso, o solo precisa ser fofo, adubado e irrigado. O agricultor coleciona premiações em competições do ramo desde 2007, quando começou o cultivo de abóboras gigantes. Em julho de 2012, comprou sementes dos Estados Unidos que resultaram na abóbora de 286 quilos. "Estávamos num grupo de amigos e falei que a abóbora ia chegar a esse peso. Agora eles vão ter que me pagar umas cervejas", diverte-se o agricultor, que tem como meta agora cultivar uma com mais de 300 quilos. A pesagem foi feita em uma balança em sua propriedade e será confirmada durante a feira de Pinhalzinho. Para carregar a abóbora no reboque que a levaria para a feira, foram necessárias seis pessoas, além da ajuda de um trator. "Levamos mais de uma hora nos divertindo e dando risada", completou. A abóbora deve ser levada ainda para outras feiras, já que a expectativa é que dure de dois a três meses.

Fonte: Terra

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse