quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

Agricultor cultiva abóbora de quase 300 quilos e ganha aposta




O agricultor Luiz Antonio Theisen, 48 anos, está rindo à toa. Morador de Linha Fátima, em Tunápolis, no oeste catarinense, ele venceu uma aposta com os amigos ao colher uma abóbora gigante de 286 quilos, espera conquistar a premiação na feira de Pinhalzinho, que ocorre de hoje a 1º de fevereiro, e de quebra, produziu uma das maiores abóboras que já se tem conhecimento no País. "Ninguém vai achar que vai colocar semente e vai ficar desse tamanho. É quase como namorar. Cada dia tem que dar uma olhada, ter muita dedicação", ressaltou. Cultivada em agosto do ano passado e transplantada para a lavoura em setembro, a abóbora pesava um quilo em 1º de dezembro. Em 57 dias, atingiu os quase 300 quilos. O peso médio dessa espécie de fruto é de cerca de 100 quilos. O segredo, segundo Theisen, é fazer análise de solo e correção da acidez. Além disso, o solo precisa ser fofo, adubado e irrigado. O agricultor coleciona premiações em competições do ramo desde 2007, quando começou o cultivo de abóboras gigantes. Em julho de 2012, comprou sementes dos Estados Unidos que resultaram na abóbora de 286 quilos. "Estávamos num grupo de amigos e falei que a abóbora ia chegar a esse peso. Agora eles vão ter que me pagar umas cervejas", diverte-se o agricultor, que tem como meta agora cultivar uma com mais de 300 quilos. A pesagem foi feita em uma balança em sua propriedade e será confirmada durante a feira de Pinhalzinho. Para carregar a abóbora no reboque que a levaria para a feira, foram necessárias seis pessoas, além da ajuda de um trator. "Levamos mais de uma hora nos divertindo e dando risada", completou. A abóbora deve ser levada ainda para outras feiras, já que a expectativa é que dure de dois a três meses.

Fonte: Terra

Nenhum comentário: