sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Alagamentos e 22 arvores derrubadas são resultados de forte temporal em Maringá



Vinte e duas árvores caíram e vários pontos de alagamentos foram registrados em Maringá durante o temporal que atingiu o município na tarde de quinta-feira (16). Segundo o Instituto Tecnológico Simepar, somente ontem, choveu 104,4 mm - quase 46% da média histórica para todo o mês de janeiro, que é de 227 mm. O acumulado de chuvas neste mês já é de 353,6 mm – ou 55,77% a mais do que a média e de acordo com a Defesa Civil, a área mais atingida pelas árvores caídas foi a Zona Sul, incluindo a Zona 2, Centro e Vila Operária. Equipes ainda continuam trabalhando para a retirada de árvores nesta sexta-feira (17). Conforme o Simepar, a época do ano favorece a formação de áreas de chuva mais intensa e não está fora do que costuma ocorrer, principalmente em janeiro. Na região das zonas 4 e 5, em Maringá, a queda de árvores causou vários danos. Na avenida Luiz Teixeira Mendes, a empresária Josiane Branco lamentava o prejuízo. Uma árvore caiu em cima da motocicleta que ela comprou há menos de três meses. Das 24 parcelas, apenas três estavam pagas. "Foi um susto grande. A situação dessa árvore sempre me preocupou", comentou. A árvore também caiu sobre a fiação elétrica e derrubou dois postes.


Fonte: ODiário

Nenhum comentário: