Radialista mata noiva com 10 facadas porque ela gritou o nome de outro em relação sexual




Um radialista assassinou sua noiva depois de ficar convencido de que ela estava tendo um caso com outro homem. O rapaz “descobriu” a suposta traição quando a companheira gritou o nome de outro homem durante a relação íntima. Geoff Hemming, de 52 anos, esfaqueou Denise Williamson, de 44, cortando-a com 10 facadas e tentando fazer com que parecesse que alguém tinha atacado o casal. Eles foram encontrados pelo filho, Williamson Ryan, de 16 anos, em sua casa em Hucknall, Notts. Ambos estavam cobertos de sangue. Segundo o assassino, o relacionamento estava sob pressão, pois eles tinham uma dívida de cerca de R$ 150 mil. Antes do crime, o homem já estava desconfiado. Pesquisas na internet com a frase “eu peguei minha esposa tendo relações íntimas” foram feitas por ele. Os paramédicos que participaram do resgate disseram que Hemming teve cortes superficiais no braço, e fingia estar inconsciente. Enquanto foi levado para a ambulância, ele perguntou como a mulher estava e questionou: “quem fez isso?”

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse