Dilma esconde aumento da luz

O governo federal convocou uma coletiva ontem para iludir a imprensa e os brasileiros. Escalado por Dilma Rousseff, o ministro Guido Mantega (Fazenda) anunciou um pacote de bondades para o setor elétrico, afirmando que a conta do uso das térmicas neste ano só será repassada ao consumidor em 2015. Mas não falou nada e não apresentou nada para aliviar a conta do uso das térmicas em 2013, que será obrigatoriamente repassada aos brasileiros agora em 2014, conforme a data de reajuste de cada concessionária. Pela falta de planejamento do setor de energia, do qual a própria Dilma foi ministra no governo Lula, a estiagem já afetou os reservatórios das hidrelétricas no ano passado, obrigando o uso intenso de usinas térmicas, muito mais caras e mais poluentes. O uso das térmicas em 2013 vai cair na conta do consumidor ainda neste ano, com aumento de dois dígitos da tarifa da luz, mesmo com os anúncios de ontem.

Comentários

As mais visitadas

Mulher é assassinada e tem galho introduzido nas partes íntimas

Polícia Rodoviaria de Iporã apreende caminhonete carregada com 11 Fuzis, condutor e carona são de Sarandi

Feto é encontrado em estação de tratamento de esgoto