terça-feira, 12 de agosto de 2014

César Menotti revela que ficou 10 dias internado para curar depressão



Durante participação no programa "Encontro com Fátima Bernardes", da Globo, desta terça (12), o sertanejo César Menotti revelou que ficou 10 dias internado em um clínica de reabilitação para se curar de uma depressão profunda. "Fiquei 10 dias internado em um local para pessoas com a alma destruída mesmo. Quando saí de lá, procurei meu pai, acertei minha vida com ele, perdoei e depois de 60 dias ele morreu. Se eu não tivesse tido esse processo, essa conversa, não teria me curado mais. Você fica tão fraco, tão recluso da sociedade, que você não consegue pedir ajuda. A depressão pode levar a pessoa à morte", contou o sertanejo, da dupla César Menotti e Fabiano. Curado há cerca de três anos da doença, o músico ainda comentou sobre a morte precoce do ator norte-americano Robbin Williams, vítima de asfixia. "Aconselho as pessoas que vivem uma depressão profunda que procurem a ajuda de um profissional. Muitas vezes, você quer abrir o coração com um pessoa que não está preparada e ela piora o que você está sentindo. Agradeço muito a Deus, porque em um dia que eu estava muito mal, consegui ligar para um profissional e isso fez a diferença. A cura veio através disso", afirmou. Em papo com a apresentadora Fátima Bernardes, César contou que sua internação aconteceu em um período de férias e que ele estava no auge da carreira. "As pessoas chegavam e diziam: ' você tem uma vida boa, carro, não pode ficar assim'. Não entendiam", contou o músico.

Nenhum comentário: