terça-feira, 19 de agosto de 2014

Jovem que arrastou mulher por 800 metros é solto de presídio



Julio Cesar Leandro, de 21 anos, foi solto na tarde de domingo (17) do Presídio Regional de Rio do Sul, no Vale do Itajaí, e responderá em liberdade o processo criminal por arrastar Maristela Stringhini, de 40 anos, por 800 metros embaixo de um carro após uma briga de trânsito. Preso desde abril, o rapaz foi solto após pedido de habeas corpus. A decisão do juiz Cláudio Márcio Areco Júnior, da Vara Criminal de Rio do Sul, foi publicada nesta segunda (18) no site do Tribunal de Justiça de Santa Catarina. No dia 15 de julho, o mesmo juiz determinou que o caso fosse levado a júri popular. Os advogados do acusado tentaram recorrer a setença, recurso negado pela justiça. O julgamento popular será pela tentativa de homicídio qualificado, por motivo fútil, cruel e sem direito a defesa da vítima. O acidente ocorreu no dia 13 de abril, às 3h15 da madrugada. Com Suspeita de embriaguez, Leandro teria batido intencionalmente na traseira da moto em que estavam Maristela e o noivo, segundo denúncia oficial. Maristela Stringhini teve fraturas expostas e o tórax dilacerado no asfalto, um quadro de politraumatismo com lesões do rosto à altura dos joelhos. Depois de 14 cirurgias e 90 dias internada, ela recebeu alta do Hospital de Rio do Sul no dia 15 de julho e voltou para casa em Lages, na Serra catarinense.

Com informações: G1

Nenhum comentário: