TRE-PR determina suspensão de site de campanha de Requião



A Justiça Eleitoral do Paraná determinou que o site de campanha do candidato ao Governo do Paraná Roberto Requião (PMDB) seja retirado do ar por publicar conteúdos considerados irregulares pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR). A determinação se deve a duas decisões de suspensão por 48 horas. O candidato está sujeito a multa de R$ 20 mil por dia caso descumpra a determinação. Conforme o TRE, as decisões envolvem conteúdos com relação à campanha de Beto Richa (PSDB) - candidato à reeleição no estado. A última delas, concedida pelo juiz Guido José Dobeli, na quinta-feira (18), cita o fato de Requião ter associado a suposta desistência de ações judiciais contra concessionários do pedágio ao recebimento de R$ 3 milhões das mesmas empresas para financiamento de campanha de Richa. A outra decisão foi concedida na quarta-feira (17) pelo juiz Lourival Pedro Chemim e cita algumas falas de Requião consideradas ilegais em vídeos gravados em União da Vitória, na região central do estado, sobre questões envolvendo a tarifa de energia elétrica no estado. O prazo para que todo o conteúdo do site seja retirado do ar passa a valer no prazo de 24 horas da ciência das decisões. Às 12h50 desta sexta-feira (19), a assessoria jurídica de Requião informou ao G1 que o procedimento será feito a partir da 0h de sábado (20).

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse