TRE-PR determina suspensão de site de campanha de Requião



A Justiça Eleitoral do Paraná determinou que o site de campanha do candidato ao Governo do Paraná Roberto Requião (PMDB) seja retirado do ar por publicar conteúdos considerados irregulares pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PR). A determinação se deve a duas decisões de suspensão por 48 horas. O candidato está sujeito a multa de R$ 20 mil por dia caso descumpra a determinação. Conforme o TRE, as decisões envolvem conteúdos com relação à campanha de Beto Richa (PSDB) - candidato à reeleição no estado. A última delas, concedida pelo juiz Guido José Dobeli, na quinta-feira (18), cita o fato de Requião ter associado a suposta desistência de ações judiciais contra concessionários do pedágio ao recebimento de R$ 3 milhões das mesmas empresas para financiamento de campanha de Richa. A outra decisão foi concedida na quarta-feira (17) pelo juiz Lourival Pedro Chemim e cita algumas falas de Requião consideradas ilegais em vídeos gravados em União da Vitória, na região central do estado, sobre questões envolvendo a tarifa de energia elétrica no estado. O prazo para que todo o conteúdo do site seja retirado do ar passa a valer no prazo de 24 horas da ciência das decisões. Às 12h50 desta sexta-feira (19), a assessoria jurídica de Requião informou ao G1 que o procedimento será feito a partir da 0h de sábado (20).

Comentários

As mais visitadas

CRM-PR retira indicativo de interdição ética da UPA de Sarandi

Semana Jurídica em Sarandi

CEMEI de Sarandi realiza evento cultural em comemoração ao dia das crianças