Youssef afirma que deu R$ 1 milhão para a campanha de Gleisi



O doleiro Alberto Youssef afirmou, em sua delação premiada, que repassou R$ 1 milhão do esquema de corrupção na Petrobras para a campanha de Gleisi Hoffmann (PT-PR) ao Senado em 2010. Youssef repetiu o que havia dito o ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa em sua delação premiada. É o que revela reportagem do jornal O Estado de S. Paulo. Ambos sustentam que o dinheiro partiu de comissão de contratos superfaturados firmados por empresas com a estatal e que o repasse foi feito a pedido do atual ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, marido de Gleisi. Na época, ele comandava o Ministério do Planejamento. O casal nega conhecer Youssef e ter pedido o recurso. De acordo com o relato dos repórteres Ricardo Brandt e Fausto Macedo, o doleiro contou que entregou a quantia a um empresário, dono de shopping em Curitiba, em quatro parcelas. Presos na Operação Lava Jato, Alberto Youssef e Paulo Roberto Costa são réus do processo que apura superfaturamento, desvios, lavagem de dinheiro, corrupção e propina na Petrobras. Os dois colaboram com as investigações na tentativa de reduzir a punição na Justiça. Eleita senadora em 2010, Gleisi se licenciou do Senado no início de 2011, quando virou ministra da Casa Civil. Deixou o cargo este ano a tempo de se candidatar ao governo do Paraná. Com pouco menos de 15%dos votos, ficou na terceira colocação, atrás do governador reeleito Beto Richa (PSDB) e do também senador Roberto Requião (PMDB). De acordo com o Estadão, Youssef não revelou o nome do emissário que, segundo ele, seria o responsável pela entrega do dinheiro ao dono do shopping. O empresário, conforme o doleiro, foi quem entregou o montante à campanha da então candidata. Paulo Bernardo confirmou conhecer o proprietário do centro comercial, mas negou ter solicitado ou recebido a quantia em nome de Gleisi.

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse