Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 13, 2014

Paciente protesta na rua ao ter cirurgia cancelada em cima da hora

Imagem
O funcionário público Paulo Francisco, de 56 anos, fez um protesto na porta do hospital Santa Casa de Misericórdia, em Goiânia, na quarta-feira (12). Após ter uma cirurgia pelo Sistema Único de Saúde (SUS) desmarcada pela terceira vez, o paciente saiu direto do centro cirúrgico para a porta da unidade. Ele estava com touca, protetor de pé e segurava um soro já com acesso à veia ."Eu já estava pelado e o médico falou que não, que eu não podia fazer, não a cirurgia, que eu procurasse o Ministério Público", afirmou. Para fazer o procedimento, o funcionário público percorreu 350 km de Nova Iguaçu de Goiás até a capital. Ele disse que passou mais de 24 horas sem comer, sentindo fraqueza e dores de cólica renal. Indignado, Paulo contou que nenhum funcionário do hospital lhe ofereceu auxílio. "Não, só veio alguém para me calar a boca, porque eles acham que o escândalo foi muito grande", lamentou.No receituário, o urologista que faria a cirurgia apontou que o funcionário …

Médicos são denunciados por homicídio

A Promotoria de Justiça de Corbélia, no oeste do Estado, denunciou dois médicos do único hospital conveniado ao SUS da comarca, pela prática de homicídio. De acordo com a denúncia, no dia 6 de junho de 2013, os dois profissionais, ignorando o dever legal, ético e moral, deixaram de prestar socorro a uma pessoa, que, sem ajuda, morreu. A vítima tinha fraturas decorrentes de um acidente de trânsito e foi levada ao hospital para receber atendimento, o que teria sido negado. Baseada no Inquérito Civil nº 0042.13.000070-8, a denúncia da Promotoria foi apresentada em janeiro e foi recebida pelo Juízo da Vara Criminal de Corbélia, na última terça-feira (11). Os acusados serão citados para que, no prazo legal, apresentem suas defesas. Os nomes não foram divulgados pela Promotoria.
Fonte: Bonde Notícias