sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

Avaliação positiva do governo Dilma volta a cair segundo pesquisa IBOP


A taxa de aprovação ao governo Dilma Rousseff teve neste mês a primeira queda desde as manifestações de junho do ano passado. Segundo pesquisa Ibope/Estado, a parcela de brasileiros que considera a administração do País boa ou ótima diminuiu de 43% para 39% entre o início de dezembro e a metade de fevereiro.Com esse refluxo, a avaliação positiva do governo voltou aos níveis observados entre agosto e novembro, quando oscilou entre 37% e 39%. Antes disso, a taxa havia sofrido um tombo, passando de 55% em pesquisa Ibope do início de junho para 31% em julho. Entre esses dois levantamentos ocorreu a massificação dos protestos de rua nas principais cidades do País.
Na época, João Santana, marqueteiro da campanha que elegeu Dilma, previu que o governo recuperaria sua popularidade em quatro meses. A profecia foi desmentida por pesquisa feita em outubro, que revelou uma avaliação positiva de 38%, 17 pontos porcentuais abaixo da registrada antes dos protestos.
Além de avaliar o governo como um todo, o Ibope pesquisou também a opinião dos brasileiros sobre o desempenho pessoal de Dilma na Presidência. Sua conduta é aprovada por 55% e desaprovada por 41%. Em dezembro, a taxa de aprovação era de 56% – ou seja, nesse caso, houve apenas uma oscilação negativa, dentro da margem de erro da pesquisa, que é de dois pontos porcentuais para mais ou para menos.


Fonte Estadão

Bebê morre enquanto dormia com os pais



Uma criança de seis meses de idade, amanheceu morta ontem em Corumbatai do Sul. O bebê, do sexo masculino, dormia no meio dos pais, e a suspeita é de que a morte foi provocada por asfixia. Supostamente, enquanto dormiam, os próprios pais acabaram “sufocando” o filho, que não apresentava nenhum tipo de lesão. Quando o casal acordou ontem o bebê já estava morto. Em estado de choque, eles comunicaram funcionários do posto de saúde do município, que ao chegarem ao local confirmaram o óbito. A Polícia Militar também foi comunicada e fez o acompanhamento da ocorrência. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Campo Mourão. A causa da morte ainda não foi divulgada oficialmente pelo IML, que prefere aguardar exames mais aprofundados de Curitiba. A família mora em uma casa de madeira bem pequena, na Rua Tupi. Além do bebê morto, o casal tem outros dois filhos, menores de dez anos. Sem espaço na casa, que tem aproximadamente 20 metros quadrados, a criança dormia com o casal, enquanto os outros dois filhos são acomodados em um colchão no chão. A Polícia Civil fez levantamento no local e vai investigar a causa da morte.

Com informações Tribuna do interior

Brasil Sul compra Viação Garcia, Princesa do Ivaí e Ouro Branco



A empresa Brasil Sul Linhas Rodoviárias está assumindo as operações da Viação Garcia. A confirmação da transação foi feita na manhã desta sexta-feira (21). A Brasil Sul assumirá inicialmente 49,9% do controle societário da Garcia. A empresa, que tem como sócios-proprietários, Zeca Boiko e Estefano Boiko, ambos empresários de Campo Mourão, passa a ser considerada líder no segmento de transporte rodoviário de passageiros do Paraná. A Viação Garcia se desenvolveu junto com Londrina, sendo uma das primeiras companhias existentes na cidade, crescendo com os investimentos dos espanhóis Celso Garcia Cid e José Garcia Villar. Em 2010, a empresa foi vendida por R$ 400 milhões - incluindo os negócios da Ouro Branco e Princesa do Ivaí - ao empresário do Rio Grande do Sul, Mário Luft, fundador do grupo Luft. Segundo nota enviada à imprensa nesta manhã, pela Viação Garcia, comentando a transação, a negociação teve início em dezembro do ano passado e foi concluída ontem. As empresas informam, ainda, que manterão os seus nomes e que acontecerá uma Fusão operacional, tornando o Grupo Garcia Brasil Sul. O valor da transação não foi divulgado. Fundada em 1934, mesmo ano do nascimento da cidade de Londrina, a Viação Garcia foi vendida em dezembro de 2010 para o grupo do empresário Mario Luft por cerca de R$ 400 milhões. Com frota de mais de 500 ônibus, a empresa percorre cerca de 5,5 milhões de quilômetros por mês nos estados do Paraná, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Já a Brasil Sul foi fundada em 2004, também com sede em Londrina, e atende os estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e São Paulo. 

Com informações de O Bonde.

Secretário de saúde de Sarandi poderá deixar o cargo

Corre boato de que o secretário de saúde Jair Carneiro poderá deixar a secretaria de saúde. Lembrando que são apenas boatos que pede vir acontecer ou não.