quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

40 mil param no Paraná contra medidas de Dilma




A Força Sindical organiza amanhã (quarta-feira, 28) um protesto de 40 mil metalúrgicos por todo o Paraná contra as medidas da presidente Dilma Rousseff (PT) que cortou benefícios trabalhistas e previdenciários dos trabalhadores brasileiros. De acordo com a central, em Curitiba e região metropolitana, os trabalhadores vão fazer protestos e paralisações desde a madrugada em várias fábricas como Bosch, CNH, Volvo, Perfecta, Seccional, Aker Solutions, Hass do Brasil, Volkswagen, Renault e Brafer. Às 10h, os trabalhadores protestam na Praça Santos Andrade, em frente ao prédio do INSS. Centenas de trabalhadores de Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu vêm para a capital para “engrossar” a manifestação.

Nenhum comentário: