Dilma faz "a vaca engasgar de tanto tossir", diz Marta




A senadora Marta Suplicy (PT-SP) fez mais uma vez críticas ao governo de Dilma Rousseff. Em artigo na Folha de S. Paulo, a ex-ministra da Cultura afirmou que “se tivesse havido transparência na condução da economia no governo Dilma, dificilmente a presidente teria aprofundado os erros que nos trouxeram a esta situação de descalabro”. "Não estaríamos agora tendo de viver o aumento desmedido das tarifas, a volta do desemprego, a diminuição de direitos trabalhistas, a inflação, o aumento consecutivo dos juros, a falta de investimentos e o aumento de impostos, fazendo a vaca engasgar de tanto tossir", completou Marta. No começo do mês, ela foi entrevistada pelo O Estado de S. Paulo e também criticou o seu partido: "ou o PT muda ou acaba", destacou ao jornal. No texto de hoje Marta destacou ainda a nomeação de Joaquim Levy foi feita sem que houvesse explicação."O simpatizante do PT não entende o porquê. Se tudo ia bem, era necessário alguém para implementar ajustes e medidas tão duras e negadas na campanha? Nenhuma explicação". "O PT vive situação complexa, pois embarcou no circo de malabarismos econômicos, prometeu, durante a campanha, um futuro sem agruras, omitiu-se na apresentação de um projeto de nação para o país, mas agora está atarantado sob sérias denúncias de corrupção", afirmou a senadora, ressaltando que nada foi explicado ao povo brasileiro, que sente e sofre as consequências e acompanha "atônito" um estado de total e ausência de transparência.

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse