Para PT, o sonho acabou



As duras medidas adotadas pela presidente Dilma racharam o PT. O partido não acredita que o governo adotou o melhor caminho. As críticas dos petistas proliferam país afora. A falta de convicção petista já contaminou a base do governo no Congresso. A isso se soma a falta de ascendência da presidente Dilma sobre seu partido. O quadro só não é pior porque a oposição não tem capacidade de promover mobilização social de massas. O PSDB parece ter razão quando diz que a presidente Dilma traiu seus eleitores. Petistas estão aderindo a esta linha política. O marido da deputada Maria do Rosário (PT-RS), Eliezer Pacheco, usou as redes sociais ontem para lançar seu grito de guerra: “Não foi nisso que nós votamos. Em defesa do nosso projeto e do PT, FORA, LEVY”. Pacheco, secretário na prefeitura de Canoas (RS), diz que está esperneando porque não é “cordeiro nem omisso”. Acusa o governo Dilma de ter optado por “achacar os assalariados”, como se fosse um governo de direita. E receita: enfrentar os sonegadores e o grande capital, e não trair “nosso projeto nem que a vaca tussa!”. “Nós estamos no pior dos mundos. A máquina do PT no governo executando o programa econômico dos tucanos”


Por Ilimar Franco, O Globo

Comentários

As mais visitadas

Jovem morre ao ser atingido por raio

Estudante é levado à delegacia por ato obsceno dentro de biblioteca de universidade, em Maringá

CRM-PR retira indicativo de interdição ética da UPA de Sarandi