Assistência Social de Sarandi realiza ações de combate a violência infantil

A Secretaria de Assistência Social de Sarandi vai realizar ações no dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a data  18 de maio de 1973  ficou marcada por um crime brutal que chocou o Brasil. Seu desfecho escandaloso seria um símbolo de toda a violência que se comete contra as crianças.
   Com apenas oito anos de idade, Araceli Cabrera Sanches foi sequestrada  foi drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba. O trágico aparecimento de seu corpo, desfigurado por ácido, em uma movimentada rua da cidade de Vitória (ES), poucos foram capazes de denunciar o acontecido. O silêncio da sociedade capixaba acabaria por decretar a impunidade dos criminosos.
  Desde então, muitas ações mobilizam todo o território nacional, com relação ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Neste ano, as ações de enfrentamento, serão em parceria com os Municípios de Maringá e Paiçandu, ocorrerão nas saídas estratégicas dos Municípios ( contornos), no dia 15 de maio, á partir das 8 horas.

 Segundo a Secretária Municipal de Assistência Social, Janaína Santoro de Paula, o objetivo da campanha é minimizar os casos de violência sexual contra crianças e adolescentes e sensibilizar a população para que possam identificar esses casos e denunciar os agressores. Em Sarandi o Centro de Referência Especializado de Assistência (CREAS), oferta o Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (PAEFI), realiza atendimento qualificado para estes casos.

O CREAS de Sarandi fica na Rua Castro Alves nº2688, Jardim Ouro Verde, fone: 8433-1540.  

Assessoria de Comunicação de Sarandi

Comentários

As mais visitadas

Ordem de serviço autoriza construção de uma nova Unidade Escolar Estadual em Sarandi

Sarandi concorre ao Prêmio Gestor Público Paraná

Sem cueca e usando saia, homem mostra pênis para adolescentes