Assistência Social de Sarandi realiza ações de combate a violência infantil

A Secretaria de Assistência Social de Sarandi vai realizar ações no dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a data  18 de maio de 1973  ficou marcada por um crime brutal que chocou o Brasil. Seu desfecho escandaloso seria um símbolo de toda a violência que se comete contra as crianças.
   Com apenas oito anos de idade, Araceli Cabrera Sanches foi sequestrada  foi drogada, espancada, estuprada e morta por membros de uma tradicional família capixaba. O trágico aparecimento de seu corpo, desfigurado por ácido, em uma movimentada rua da cidade de Vitória (ES), poucos foram capazes de denunciar o acontecido. O silêncio da sociedade capixaba acabaria por decretar a impunidade dos criminosos.
  Desde então, muitas ações mobilizam todo o território nacional, com relação ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Neste ano, as ações de enfrentamento, serão em parceria com os Municípios de Maringá e Paiçandu, ocorrerão nas saídas estratégicas dos Municípios ( contornos), no dia 15 de maio, á partir das 8 horas.

 Segundo a Secretária Municipal de Assistência Social, Janaína Santoro de Paula, o objetivo da campanha é minimizar os casos de violência sexual contra crianças e adolescentes e sensibilizar a população para que possam identificar esses casos e denunciar os agressores. Em Sarandi o Centro de Referência Especializado de Assistência (CREAS), oferta o Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (PAEFI), realiza atendimento qualificado para estes casos.

O CREAS de Sarandi fica na Rua Castro Alves nº2688, Jardim Ouro Verde, fone: 8433-1540.  

Assessoria de Comunicação de Sarandi

Comentários

As mais visitadas

Petrobras anuncia novo reajuste na gasolina; preço sobe 7%