Ex-prefeito é perseguido e executado com tiros na cabeça


O ex-prefeito de Ponta Porã, ex-deputado estadual, federal e empresário, Oscar Goldoni, 66 anos, foi executado com 05 tiros de fuzil e de pistola na cabeça. O crime aconteceu por volta das 11h40 desta terça-feira (15), em frente ao prédio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), que fica na Rua Vicente de Azambuja, Bairro São Domingos, em Ponta Porã. De acordo com equipe do Departamento de Operações de Fronteira (DOF), Oscar foi surpreendido por pistoleiros, que estavam em um veículo e usaram fuzis calibre .556 e pistolas .9 milímetros. Testemunhas relataram que a vítima foi perseguida pelos assassinos e cercada em frente ao Detran. Quando desceu da caminhonete, carregada com folhas de telha Eternit, foi executado com cinco tiros na cabeça. Os assassinos fugiram. Oscar Goldoni era dono do Alambique da Cachaça Vô Kiko, das empresas Junior Cerealista, Junior Transportes, Óleo Junior e era criador de suínos, em Ponta Porã.




 com informações do Correio do Estado

Comentários

As mais visitadas

CRM-PR retira indicativo de interdição ética da UPA de Sarandi

CEMEI de Sarandi realiza evento cultural em comemoração ao dia das crianças

Carro Roubado em Curitiba é recuperado em Loanda