quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Funcionários dos Correios entram em greve



Os funcionários dos Correios começaram nesta quarta­feira (16) uma greve por tempo indeterminado em vários Estados, entre eles São Paulo e Rio de Janeiro. Segundo o Sintect­SP (sindicato da categoria em São Paulo), em seu primeiro dia, a greve recebeu adesão de 80% dos trabalhadores do setor operacional (que inclui carteiros e motoristas) na Grande São Paulo. Já os Correios estimam que, na região, 79% do efetivo total está trabalhando normalmente. A categoria pede reposição da inflação de 9,56% a partir de 1º de agosto mais reajuste real de 10%, além de realização de novo concurso público, manutenção do plano de saúde e reajuste de demais benefícios. Em negociações no TST (Tribunal Superior do Trabalho), o sindicato recebeu como proposta a reposição da inflação sobre benefícios, um reajuste linear como gratificação de R$ 150,00 a partir de agosto de 2015 e R$ 50,00 a partir de janeiro de 2016, com previsão de incorporação de 25% do reajuste (R$ 50,00) aos salários a partir de agosto de 2016. Em nota, os Correios informaram que operam com normalidade em todo o Brasil. No país, levantamento da empresa diz que 90,69% dos funcionários trabalham normalmente, estando a paralisação concentrada na área de distribuição, com 34,13% dos carteiros não tendo comparecido nesta quarta (16) para o serviço.

Fonte: Folha de São Paulo

Nenhum comentário: