Criança é baleada na cabeça e morre em Maringá


Uma criança de dois anos e 11 meses morreu após ser baleada acidentalmente na cabeça na tarde desta segunda-feira (23), no Residencial Pioneiro Odwaldo Bueno Netto, em Maringá. O crime aconteceu por volta das 14h, na casa da família, na Rua Dolores Duran. De acordo com a Polícia Militar, o autor do disparo é cunhado do pai da pequena Stephany Caroline Michalski Rigobelli, pois namoraria a irmã da mãe da criança. As primeiras informações são de que o suspeito Douglas Silva Campos, 19 anos, manuseava a pistola calibre 22 dentro de casa, em meio à família, quando acionou o gatilho e efetuou o disparo fatal. O projétil atingiu a face da garotinha, pouco abaixo do olho direito, e atravessou a cabeça da menina. Ela chegou a ser socorrida e levada até a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Zona Sul, unidade hospitalar mais próxima da residência, pelos próprios policiais militares. Os médicos tentaram salvar a menina, que não resistiu aos ferimentos e morreu. Logo após o crime, o rapaz fugiu do local.
O corpo da pequena Stephany foi encaminhado no começo da noite para o Instituto Médico Legal (IML) de Maringá. Ainda não há informações sobre o local do velório e do sepultamento da menina.



Pequena Stephany



Fonte: O Diário de Maringá

Comentários

As mais visitadas

Semana Jurídica em Sarandi

CEMEI de Sarandi realiza evento cultural em comemoração ao dia das crianças

Idoso suspeito tocar corpo de criança por R$ 50,00 permanece preso