Criança é baleada na cabeça e morre em Maringá


Uma criança de dois anos e 11 meses morreu após ser baleada acidentalmente na cabeça na tarde desta segunda-feira (23), no Residencial Pioneiro Odwaldo Bueno Netto, em Maringá. O crime aconteceu por volta das 14h, na casa da família, na Rua Dolores Duran. De acordo com a Polícia Militar, o autor do disparo é cunhado do pai da pequena Stephany Caroline Michalski Rigobelli, pois namoraria a irmã da mãe da criança. As primeiras informações são de que o suspeito Douglas Silva Campos, 19 anos, manuseava a pistola calibre 22 dentro de casa, em meio à família, quando acionou o gatilho e efetuou o disparo fatal. O projétil atingiu a face da garotinha, pouco abaixo do olho direito, e atravessou a cabeça da menina. Ela chegou a ser socorrida e levada até a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) da Zona Sul, unidade hospitalar mais próxima da residência, pelos próprios policiais militares. Os médicos tentaram salvar a menina, que não resistiu aos ferimentos e morreu. Logo após o crime, o rapaz fugiu do local.
O corpo da pequena Stephany foi encaminhado no começo da noite para o Instituto Médico Legal (IML) de Maringá. Ainda não há informações sobre o local do velório e do sepultamento da menina.



Pequena Stephany



Fonte: O Diário de Maringá

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse