Lançamento do Projeto recicla óleo queimado será dia 17 em Sarandi

A administração municipal de Sarandi em convênio com a Cooperativa de Processamento de Plásticos e Materiais Recicláveis de Sarandi, ( Cooperecológica) firmaram uma parceria com o Instituto Canção e   a Ita Resíduos para fazer a coleta do óleo pós fritura.
  O lançamento oficial do Projeto acontece no dia 17 de novembro às 9 horas na sede da Cooperativa  Cooperecológica na Rua 25 de dezembro, n° 1118 no Parque Industrial.
   O Secretario de Saneamento e Meio Ambiente, José Pedro Marçal explica que o objetivo deste trabalho é evitar a contaminação do solo e dos rios. “Nós temos que conscientizar nossos moradores da importância de se descartar este material corretamente, nós já  fazemos a coleta de materiais recicláveis a população entendeu a necessidade de separar os materias, tenho certeza que vão fazer a separação do óleo também”, afirma Marçal.
   O prefeito de Sarandi, Carlos de Paula tem pedido empenho das secretarias nas questões ambientais, recuperando nascentes, mantendo limpos os fundos de vale. “ A base de todo este trabalhado tem que ser focado nas famílias, manter a nossa cidade limpa tem que ser um trabalho conjunto da população com o poder publico. A grande maioria dos sarandienses já entenderam a necessidade desta parceria e isto vai se refletir no futuro dos nossos filhos,”diz o Prefeito.

Descarte Correto
Recolha o óleo queimado em garrafa PET, deixe na lixeira ao lado da sacola do recicla, o caminhão da coleta seletiva recolhe o óleo, o óleo será transformado em bio combustível. As garrafas PET também serão recicladas.
O recolhimento do óleo queimado começa no dia 18, fique atento ao dia da coleta em seu bairro:

Segunda feira
Jardim Paulista

Terça feira
Jardim Independência 1ª e 2ª parte

Quarta feira
Jardim Primaverão

Quinta Feira
Jardim Verão

Sexta feira
Jardim Panorama e Independência

Informou: Assessoria de Comunicação de Sarandi

Comentários

As mais visitadas

Sarandi vai receber Ônibus Lilás

Panificadora paga mais de R$ 14 mil em conta de luz