Rejeição de Lula é de 61%; petista perderia para tucanos e Marina, diz pesquisa



Um levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas revela que, caso disputasse as eleições presidenciais em 2018, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva ficaria em terceiro lugar nas intenções de voto. Se levado em conta o número de eleitores que declararam que não votariam em Lula de jeito nenhum, o índice de rejeição do ex-presidente é de 61% – maior que a rejeição aos candidatos do PSDB Aécio Neves (30%) e Geraldo Alckmin (35%).Em um primeiro cenário, com o senador Aécio Neves disputando as eleições pelo PSDB, o tucano levaria vantagem, com 34,2% dos votos. Em segundo lugar aparece Marina Silva (Rede), com 19,7% tecnicamente empatada com Lula, que chegaria a 17,1% das intenções de voto. O cenário muda se o candidato tucano fosse o governador de São Paulo Geraldo Alckmin. Nessa simulação, Marina Silva (Rede) aparece com 24,3% das intenções de votos, tecnicamente empatada com o tucano, que teria 22,6% dos votos. O ex-presidente Lula aparece com apenas 18%. Já se o candidato do PSDB fosse José Serra, ele teria 25,5% dos votos e ficaria tecnicamente empatado com Marina Silva (Rede), com 23,8%. Lula teria 17,7% das intenções de voto nesse cenário. Avaliação do governo O Instituto Paraná Pesquisas também perguntou aos entrevistados qual avaliação fazem do governo Dilma Rousseff (PT). Apenas 11% dos eleitores aprovam o governo, enquanto 86,5% dizem não estarem satisfeitos. Outros 2,4% não souberam ou não opinaram. O instituto ouviu 2.085 eleitores em 23 estados e 170 municípios brasileiros entre os dias 28 de outubro e 2 de novembro de 2015. A margem de erro é de 2,0% para mais ou para menos.


Fonte: Gazeta do Povo

Comentários

As mais visitadas

CCJ aprova PEC que exige nível superior para cargos públicos de confiança

Motoristas de carros com câmbio automático podem ganhar CNH específica

Membros do 1º Conselho Municipal da Cultura tomam posse