Rejeição de Lula é de 61%; petista perderia para tucanos e Marina, diz pesquisa



Um levantamento realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas revela que, caso disputasse as eleições presidenciais em 2018, o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva ficaria em terceiro lugar nas intenções de voto. Se levado em conta o número de eleitores que declararam que não votariam em Lula de jeito nenhum, o índice de rejeição do ex-presidente é de 61% – maior que a rejeição aos candidatos do PSDB Aécio Neves (30%) e Geraldo Alckmin (35%).Em um primeiro cenário, com o senador Aécio Neves disputando as eleições pelo PSDB, o tucano levaria vantagem, com 34,2% dos votos. Em segundo lugar aparece Marina Silva (Rede), com 19,7% tecnicamente empatada com Lula, que chegaria a 17,1% das intenções de voto. O cenário muda se o candidato tucano fosse o governador de São Paulo Geraldo Alckmin. Nessa simulação, Marina Silva (Rede) aparece com 24,3% das intenções de votos, tecnicamente empatada com o tucano, que teria 22,6% dos votos. O ex-presidente Lula aparece com apenas 18%. Já se o candidato do PSDB fosse José Serra, ele teria 25,5% dos votos e ficaria tecnicamente empatado com Marina Silva (Rede), com 23,8%. Lula teria 17,7% das intenções de voto nesse cenário. Avaliação do governo O Instituto Paraná Pesquisas também perguntou aos entrevistados qual avaliação fazem do governo Dilma Rousseff (PT). Apenas 11% dos eleitores aprovam o governo, enquanto 86,5% dizem não estarem satisfeitos. Outros 2,4% não souberam ou não opinaram. O instituto ouviu 2.085 eleitores em 23 estados e 170 municípios brasileiros entre os dias 28 de outubro e 2 de novembro de 2015. A margem de erro é de 2,0% para mais ou para menos.


Fonte: Gazeta do Povo

Comentários

As mais visitadas

CRM-PR retira indicativo de interdição ética da UPA de Sarandi

Semana Jurídica em Sarandi

CEMEI de Sarandi realiza evento cultural em comemoração ao dia das crianças