quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Sarandi: Homem é condenado a 12 anos de prisão por colocar fogo em bebê




Um homem residente da cidade de Sarandi, região de Maringá, foi condenado a 12 anos e oito meses de prisão, em regime fechado, por colocar fogo em bebê. O julgamento foi realizado na última quarta-feira (25), pelo Tribunal do Júri, que condenou o homem por homicídio triplamente qualificado. 

O crime ocorreu em janeiro deste ano, durante uma discussão entre o homem e a mãe do menino, sua companheira. O homem espalhou líquido inflamável no colchão e ateou fogo no quarto onde o bebê, na época com apenas 7 meses, dormia. 

A criança sofreu queimaduras graves em 50% do corpo e precisou passar por diversas cirurgias para enxerto de pele. Atualmente a criança vive com familiares em Maringá.

Nenhum comentário: