sábado, 3 de janeiro de 2015

Pai ateia fogo no próprio filho em Sarandi

As informações dão conta de que no início da noite deste sábado, um pai teria ateado fogo no próprio filho na cidade de Sarandi região metropolitana de Maringá.Uma equipe da Guarda Municipal atendeu a ocorrência e disse que o autor teria jogado um produto inflamável no filho e depois ateou fogo. De acordo com a guarnição, a criança foi levada em estado grave para o Hospital Metropolitano em Sarandi.


Foto Junior Barreto

Foto Junior Barreto

Onça aparece no parque das Cataratas do Iguaçu



A presença de uma onça-parda perto da área das Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, interrompeu por duas horas o passeio de quem visitava o atrativo na manhã deste sábado (3). O animal foi visto na região do Espaço Tarobá, entre o hotel e o Porto Canoas, por volta das 9h, quando o primeiro ônibus começou a circular pelo Parque Nacional do Iguaçu. O trecho da rodovia e a trilha só foram liberados por volta das 11h. Houve filas e até as 15h o fluxo de visitação ainda não havia sido normalizado.Por meio de nota, o chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Jorge Pegoraro, explicou que uma operação de resgate precisou ser montada para garantir a segurança de visitantes e funcionários. “Diante da necessidade de tranquilidade e segurança dos visitantes e usuários foi realizada uma operação especial para afugentar o animal do local. O monitoramento da Trilha das Cataratas continuará sendo realizado continuamente nos próximos dias para se observar as condições de segurança do local”, informou o comunicado. Na equipe de cerca de 30 pessoas estavam policiais ambientais, funcionários do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), da Concessionária Cataratas do Iguaçu S.A. e técnicos do Parque das Aves. A equipe se preparou para anestesiar a onça parda, mas não foi necessário e ela foi induzida a atravessar a estrada de acesso às Cataratas e entrar na mata. Onças pardas e pintadas são frequentemente vistas em alguns pontos da reserva, inclusive na área de visitação, porém esta é a primeira vez que a circulação precisou ser interrompida. Desde o feriado de Natal, a unidade tem recebido em média 8 mil visitantes por dia.

Ganhador da Mega não retira prêmio e perde R$ 15 milhões



Um ganhador do sorteio da Mega-Sena realizado no mês de outubro do ano passado não foi buscar o dinheiro e deixou de ser mais um brasileiro a entrar no hall dos milionários. O apostador de Barra do Piraí, no estado do Rio de Janeiro, acertou as seis dezenas. Ele tinha o prazo de 90 dias para pegar o prêmio, mas como não compareceu, deixou de levar para casa R$ 15 milhões. Foi a segunda vez que um prêmio da Mega-Sena sai para cidade em um período de dois meses. Como o apostador não apareceu para pegar o dinheiro, o valor foi encaminhado para o Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior (Fies) para universitários.


Guarda Municipal de Sarandi apreende arma de fogo


Num trabalho realizado por uma equipe da GM (Guarda Municipal) de Sarandi, um homem foi abordada, e o mesmo dizia estar sendo ameaçado por um indivíduo que estava em um Honda civic e e armado. A equipe deu voz de abordagem ao veículo e o mesmo empreendeu fuga. Em acompanhamento tático, o condutor do veículo efetuou um disparo contra a guarnição, e diante da situação foi pedido apoio da polícia militar. O mesmo foi abordado com um revólver calibre 22 e em seguida encaminhado para prestar esclarecimentos na delegacia de polícia civil.