quinta-feira, 8 de janeiro de 2015

Jovens são encontrados mortos após assaltarem bar no PR, afirma polícia

Dois jovens foram encontrados mortos, no começo da noite desta quinta-feira (8), em uma estrada rural de Paiçandu, (Região Metropolitana de Maringá). Eles são suspeitos de assaltarem um bar na cidade, no domingo (4), segundo a Polícia Civil. O dono do estabelecimento, de 42 anos, foi preso durante esta tarde, suspeito de ter assassinado os rapazes.O local onde os corpos estavam foi indicado pelo próprio dono de bar. Ele disse à polícia que, ao ser assaltado pelos jovens, de 15 e 21 anos, tomou a faca de um deles e os matou, jogando os corpos na estrada rural. O suspeito estava foragido até a tarde desta quinta-feira. O delegado de Paiçandu, Gustavo de Pinho Alves, afirma que chegou até o homem depois que uma testemunha contou ter visto os rapazes entrando no estabelecimento, mas não os viu saindo. A polícia encontrou sangue no bar, antes da prisão. O comerciante já havia sido preso anteriormente, pelos crimes de roubo e receptação, no estado de São Paulo. Os jovens mortos não tinham passagem pela polícia, segundo o delegado.






Horas após atirar em policial comerciante é preso em Maringá

Rosenei de Brito 49 anos, comerciante em Maringá foi preso na noite desta quinta-feira (8), e é acusado de atirar em um policial civil após um briga de trânsito. Após efetuar o disparo contra Paulo Sergio de Almeida, conhecido como Paulo Mala. O autor da tentativa de homicídio evadiu-se do local no seu Palio Weekend tomando a direção da Avenida Mandacaru. Uma equipe da ROTAM, RPA e do Serviço Velado foram se deslocou até a casa do comerciante que foi autuado em flagrante acusado de tentativa de homicídio. No comércio do suspeito os policiais localizaram 2 revólveres calibre 38, dois simulacros uma pistola e um outro revólver e ainda  diversas munições. O comerciante e a companheira dele e as armas, foram levados para a  9ª SDP , e colados a disposição da autoridade policial.

Foto Roby News

Foto Roby News

Foto Roby News


Briga de trânsito termina com um policial civil baleado em Maringá



O policial civil Paulo Sérgio de Almeida, que atua em Mandaguari, foi baleado no início da noite desta quinta-feira (8) durante uma discussão de trânsito na Zona 7, em Maringá. O comerciante Rosinei da Silva, 49 anos, foi preso e autuado em flagrante cerca de 30 minutos depois da briga. O crime aconteceu por volta das 19h30 na Avenida Colombo, próximo ao cruzamento com a Avenida São Paulo. Silva estava em um Fiat Palio Weekend prata e emparelhou com o Ford Fusion preto do investigador da Polícia Civil antes de disparar três vezes contra a vítima. Um dos tiros atingiu o abdômen do policial. "Foi uma discussão de trânsito. Ele atirador]fazia manobras na avenida Colombo e o policial ao tentar fazer a abordagem foi baleado", disse o delegado-adjunto da 9ª Subdivisão Policial (SDP), Leandro Roque Munin. Depois dos tiros, Silva acelerou e fugiu em alta velocidade. Almeida perdeu o controle da direção, invadiu o canteiro central e bateu em uma árvore. Mesmo ferido, ele ainda conseguiu sair do carro e pedir por socorro. A vítima foi socorrida pelo Siate e encaminhada em estado grave ao Hospital Metropolitano, em Sarandi. Por volta das 21h30, o hospital informou que o policial ainda passava por exames. Cerca de 30 minutos depois do crime, a Polícia Militar prendeu Silva no próprio bar na avenida Prudente de Morais, Zona 7. Com ele, os policiais localizaram dois revólveres calibre 38.


Com informações O Diário Maringá