Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 28, 2015

Placa proíbe sexo em via publica

Imagem
Moradores do bairro Ronda, em Ponta Grossa, decidiram agir por conta própria para acabar com o sexo explícito no meio da rua. Após cinco meses, instalaram placas proibindo o ato sexual em vias públicas. A situação era flagrante na rua Braulina de Quadros e acabou se intensificando nos últimos 15 dias. Os moradores afirmaram que já alertaram a polícia e nada foi feito. As placas 'Proibido sexo aqui - sujeito à prisão' foram instaladas no sábado e já deram resultado. Pelo menos no último final de semana, ninguém apareceu na região durante a madrugada. A curiosa placa está instalada a poucos metros da prefeitura. 
As informações são do Jornal da Manhã.

Dilma faz "a vaca engasgar de tanto tossir", diz Marta

Imagem
A senadora Marta Suplicy (PT-SP) fez mais uma vez críticas ao governo de Dilma Rousseff. Em artigo na Folha de S. Paulo, a ex-ministra da Cultura afirmou que “se tivesse havido transparência na condução da economia no governo Dilma, dificilmente a presidente teria aprofundado os erros que nos trouxeram a esta situação de descalabro”. "Não estaríamos agora tendo de viver o aumento desmedido das tarifas, a volta do desemprego, a diminuição de direitos trabalhistas, a inflação, o aumento consecutivo dos juros, a falta de investimentos e o aumento de impostos, fazendo a vaca engasgar de tanto tossir", completou Marta. No começo do mês, ela foi entrevistada pelo O Estado de S. Paulo e também criticou o seu partido: "ou o PT muda ou acaba", destacou ao jornal. No texto de hoje Marta destacou ainda a nomeação de Joaquim Levy foi feita sem que houvesse explicação."O simpatizante do PT não entende o porquê. Se tudo ia bem, era necessário alguém para implementar aj…

40 mil param no Paraná contra medidas de Dilma

Imagem
A Força Sindical organiza amanhã (quarta-feira, 28) um protesto de 40 mil metalúrgicos por todo o Paraná contra as medidas da presidente Dilma Rousseff (PT) que cortou benefícios trabalhistas e previdenciários dos trabalhadores brasileiros. De acordo com a central, em Curitiba e região metropolitana, os trabalhadores vão fazer protestos e paralisações desde a madrugada em várias fábricas como Bosch, CNH, Volvo, Perfecta, Seccional, Aker Solutions, Hass do Brasil, Volkswagen, Renault e Brafer. Às 10h, os trabalhadores protestam na Praça Santos Andrade, em frente ao prédio do INSS. Centenas de trabalhadores de Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu vêm para a capital para “engrossar” a manifestação.

Deputados do Paraná ganham 26,35% de aumento nos subsídios

Imagem
Naquele que deve ser um dos últimos atos de sua gestão, o presidente da Assembleia Legislativa (AL) do Paraná, Valdir Rossoni (PSDB), autorizou o já esperado aumento de 26,35% nos vencimentos dos 54 deputados estaduais que assumirão seus mandatos a partir de 1º de fevereiro. O Ato da Mesa Executiva que oficializa o reajuste foi publicado na edição de ontem do Diário Oficial da Casa. Conforme o documento, os salários dos parlamentares passarão dos atuais R$ 20 mil para R$ 25,32 mil. O impacto estimado nas contas públicas é de aproximadamente R$ 3,42 milhões por ano. Isso sem contar as outras verbas as quais os membros da AL têm acesso, como as despesas de custeio (R$ 31,47 mil mensais cada). Para que o acréscimo entrasse em vigor no próximo domingo, data da posse dos eleitos, o despacho precisava ser assinado por Rossoni, pelo primeiro secretário da Casa, Plauto Miró (DEM), e pelo segundo secretário, Ademir Bier (PMDB), até 31 de janeiro, quando se encerra a 17ª Legislatura (2011 a …

Começa 2ª etapa da extinção do dinheiro nos ônibus de Maringá

O fim do dinheiro nos ônibus de Maringá tem a segunda etapa nessa quarta-feira (28), com a recusa em mais 43 linhas do município (veja lista abaixo). Na sexta-feira (23), 19 linhas já passaram a aceitar apenas o cartão passe livre como passagem.A última etapa será no dia 4 de fevereiro, abragendo dez linhas. De acordo com a própria administração municipal, 1,6 mil pessoas ainda usam, frequentemente, dinheiro para o uso do transporte coletivo. A decisão de recusar o dinheiro em etapas foi tomada, segundo a Prefeitura, considerando as linhas em que menos se utilizava dinheiro para o pagamento do transporte. De acordo com a própria administração municipal, 1,6 mil pessoas ainda usam, frequentemente, dinheiro para o uso do transporte coletivo.

Veja as linhas que não aceitam mais cartão, a partir desta quarta-feira: 8  Interbairros  - Avenida Guaiapó / Praça Ivaí
9  Interbairros  -  Praça Ivaí / Conjunto Guaiapó
10  Universidade
11  Vila Esperança
20  Av. São Domingos
21  Av. Tuiuti
22  Conjunto…