Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro 11, 2015

Homem é morto por policial após assaltar mercado em Arapongas

Imagem
Um homem morreu após trocar tiros com um policial militar no final da manhã desta quarta-feira (11) no distrito de Aricanduva, em Arapongas. Segundo informações da 7ª Companhia, dois homens roubaram um supermercado e fugiram em uma motocicleta. Testemunhas do roubo avisaram um policial a paisana que passava pelo local em seu carro particular sobre a ocorrência. Ele seguiu os assaltantes e houve troca de tiros. Um dos assaltantes, Mailon Rodrigo Ferreira, de 21 anos, que portava um revólver calibre 32 e estava na garupa, morreu ainda no local. Seu corpo foi levado ao IML de Apucarana, onde foi identificado. O condutor da motocicleta, Adriano Aparecido de Oliveira, de 26, foi preso por participação no assalto. O veículo tinha a placa adulterada com fita isolante.

'Tratoraço' voltará a ser votado nesta quinta na Assembleia

Imagem
O presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano (PSDB) retomou, por volta das 14h30, os trabalhos para votar o requerimento de abertura da comissão geral, apelidada de 'tratoraço', para aprovar a toque de caixa dos projetos do governo do estado de ajuste fiscal e alteração na previdência dos servidores públicos, o chamado 'pacotaço'. Apenas 46 dos 54 deputados estão presentes. Como o plenário está ocupado por servidores desde o início da noite de terça (10), a sessão foi realizada em uma sala ao lado do restaurante, no quinto andar do prédio administrativo. Apenas deputados, assessores e jornalistas previamente cadastrados foram autorizados a entrar. Como a sessão de terça-feira foi encerrada, o requerimento para a comissão geral foi apresentado novamente, podendo ser analisado somente em um prazo de 24 horas. A votação deve ocorrer na sessão desta quinta-feira (12). Sobre o pedido de reintegração de posse, que vale desde às 5h30 e prevê multa de R$ 10 mi…

MP denuncia ex-prefeito de Luiziana por usar cilindro de oxigênio para bombear chope

Imagem
A Promotoria de Justiça de Proteção ao Patrimônio Público de Campo Mourão, na Região Central do Paraná, propôs ação civil pública contra o ex-prefeito de Luiziana (gestão 2009-2012) por ato de improbidade administrativa. Ele teria desviado o único cilindro de oxigênio disponível na Unidade de Saúde do Município, utilizando-o para bombear chope durante uma festa particular. O fato ocorreu na passagem de 2012 para 2013 e foi um dos últimos atos do então prefeito, cujo mandato encerrou-se no dia 31 de dezembro de 2012. Segundo a ação, a retirada do equipamento prejudicou o atendimento a uma paciente, que, na madrugada de 1.º de janeiro de 2013, foi levada à unidade com suspeita de infarto. Os profissionais que a atenderam, diante da gravidade do quadro, determinaram a remoção da mulher para Campo Mourão, a 30 quilômetros, onde ela poderia ser tratada adequadamente. Para manter a respiração da paciente durante o trajeto, era necessário utilizar balão de oxigênio. Entretanto, embora o Mun…

Invasão a assembléia legislativa do Paraná

Ocupação da Assembleia Legislativa pelos professores do Paarná, com cobertura da TV 15