quinta-feira, 2 de julho de 2015

A violência continua em Maringá, comerciante é assassinado em assalto

José Amilton Hortencio, 54 anos, morreu ao reagir uma tentativa de assalto em sua residência, no Jardim São Silvestre, na zona leste de Maringá, na noite desta quinta-feira (2).De acordo com informações por parte da polícia militar, a vítima chegou a ser socorrida pelo próprio filho e encaminhada à Santa Casa, porém não resistiu aos ferimentos e morreu pouco depois de dar entrada no hospital. Segundo relatos, três homens armados invadiram a residência de médio padrão, que fica na Rua Soldado Adivaldo Lopes da Silva, e surpreenderam o comerciante e a esposa, que jantavam em um dos cômodos por volta das 19h30. Os meliantes teriam aproveitado a chegada do filho do casal, de 28 anos, que acabara de entrar para buscar uma blusa e esqueceu o portão aberto. Surpreendidas pelos marginais, as vítimas teriam reagido entrando em luta corporal. Durante a reação, um dos assaltantes disparou duas vezes contra o comerciante, acertando-o no peito. O trio fugiu em seguida, correndo e pulando muros da vizinhança, enquanto Hortencio era socorrido pelo filho, que também sofreu lesões, e levado para Santa Casa, hospital mais próximo, no carro da família. Na calçada, em frente à residência, ficaram peças de roupas de um dos assaltantes, supostamente arrancadas durante a luta. Alertada da ocorrência, a Polícia Militar deslocou várias equipes para o bairro e um grande cerco foi montado para tentar localizar e prender os criminosos. Dois suspeitos foram encontrados no quintal dos fundos de uma residência, na Rua Pioneiro Euclídes Gavioli, distante a cerca de 500 metros da casa assaltada. Outro suspeito também teria sido preso no mesmo bairro. Segundo a PM, um deles estaria vestindo um blusa listrada, semelhante a que um dos bandidos usava no momento do roubo. Também foram localizados dois carros, um Palio cor vinho e um Gol preto - ambos com placas de Sarandi.


Com Informações: O Diário Maringá