sexta-feira, 17 de julho de 2015

Filha de secretário de trânsito e segurança de Maringá é presa dirigindo caminhonete roubada em Curitiba

A filha do Secretário de Trânsito e Segurança de Maringá, Ideval de Oliveira, foi presa em Curitiba, no fim da tarde tarde de quinta-feira (16), quando dirigia uma Hilux furtada, na BR-277, altura do bairro Orleans, sentido Curitiba/Campo Largo, em uma abordagem policial. De acordo com o delegado Cassiano Aufiero, titular da delegacia de furtos e roubos de veículos da capital, Kelli Oliveira assumiu a direção da caminhonete a pedido do suspeito de ser um dos maiores ladrões de carros da América do Sul. “No momento da abordagem ela estava acompanhada de uma amiga que é esposa do Japonês, o suspeito de roubar veículos, e alegou que Japonês também estava no carro e quando viu polícia desceu e pediu para ela assumir o veículo”, afirmou em entrevista ao Paraná Portal. Informações do Paraná Portal apontam que, Kelli veio à Curitiba para “esconder” o irmão, Ideval de Oliveira Junior, que tem dois mandados de prisão em Maringá, no noroeste do estado. A amiga que acompanhava Kelli foi ouvida e liberada e as investigações sobre Japonês estão sendo feitas pela Polícia Civil de Maringá.

Fonte: Portal Paraná

Liminar suspende sessão que votaria cassação de prefeito de Paiçandu



Uma decisão judicial suspendeu nesta quinta-feira (16), a sessão da Câmara de Vereadores de Paiçandu que votaria pela continuidade ou não do mandato do prefeito Tarcísio Marques dos Reis (PT). A liminar da desembargadora Maria Aparecida Lima, do Tribunal de Justiça, deu prazo de cinco dias para Marques Reis apresentar sua defesa, escrita ou oral, à comissão processante que investiga a responsabilidade no desvio de pneus doados pela Receita Federal. As informações são d'O Diário de Maringá. Populares lotaram o plenário para acompanhar a leitura das mais de 400 páginas do processo e do parecer da comissão processante, que realizou as investigações a partir de uma denúncia feita por um munícipe, baseando-se também em apuração que é feita desde o ano passado pelo Ministério Público. Segundo a denúncia, o prefeito teria sido omisso no caso de desaparecimento de 145 pneus de diversas marcas e tamanhos, frutos de apreensão da Receita Federal, que estavam estocados no depósito na Secretaria de Obras. Depois, descobriu-se que vários foram negociados com uma empresa do ramo, em Sarandi, mas o dinheiro da venda não teria entrado nos cofres do município. O caso foi para a Justiça e resultou no afastamento do secretário de Turismo, Valdir da Fonseca. Em seu relatório, a comissão processante aponta que Reis contrariou pelo menos três itens da Lei Orgânica do Município. Mesmo depois da denúncia, ele manteve Fonseca no seu primeiro escalão e continuou pagando o secretário até 4 meses de afastamento pela Justiça. Na quarta-feira (15), o prefeito alegou que a comissão sequer ouviu as partes que teriam cometido o suposto crime antes da conclusão do relatório. Ele não foi localizado para comentar a liminar. Segundo o secretário de Planejamento, Mateus Augusto Souza Duarte, Reis viajou a trabalho. Depois da suspensão da sessão, os membros da comissão tentaram notificar imediatamente o prefeito, mas foram informados que ele se encontra em viagem, também seu advogado não pode ser notificado e, assim, há risco de vencer o prazo do trabalho da comissão processante sem a defesa, o que resultaria no arquivamento do processo. O prazo termina no dia 29. O presidente da CP, Diego Matheus Sanches (PT), mandou publicar a intimação em edital na imprensa e disparou e-mails para Reis, gabinete do prefeito e para o escritório de advocacia que cuida da defesa dele. O objetivo da CP é ouvir ou ter por escrito a defesa na próxima sexta-feira.

Mulher é presa com 204 Kg de maconha



Policiais militares do 8º batalhão apreenderam nesta quinta-feira (16), por volta das 21h00min, um veículo VW/Santana com 204 Kg de maconha em Loanda. Uma mulher de 28 anos, condutora do veículo, informou que apanhou o carro carregado com a droga na cidade de Japurá, local onde reside, e o levaria para a cidade de Assis – SP. Durante diligências, policiais militares do destacamento de Loanda, Querência do Norte e Santa Cruz do Monte Castelo abordaram o veículo na Avenida Paraná, próximo ao Tiro de Guerra. Em revista ao veículo foram encontrados 154 tabletes de maconha no porta-malas que totalizou 204 kg. Também foi apreendida a quantia de R$ 455,00 e o veículo com placas de São Paulo. A condutora, o veículo e o entorpecente foram conduzidos e entregues na delegacia para as providências ao caso.


Fonte: Comunicação Social 8º BPM