sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Polícia Federal autoriza porte de arma para guardas municipais de Londrina



A Superintendência Regional do Departamento de Polícia Federal no Paraná firmou convênio com o Município de Londrina para concessão de porte funcional de arma de fogo para os integrantes da Guarda Municipal de Londrina. A vigência do acordo é de cinco anos. A assinatura do convênio foi feita no dia 29 de setembro, e passa a valer desde 21 de outubro, quando foi publicado no Diário Oficial da União. Segundo o secretário municipal de Defesa Social, coronel Rubens Guimarães, 120 guardas já foram treinados pela Polícia Militar e estão aptos a portar armas, aguardando apenas a chegada da documentação por parte da Polícia Federal. Outros 60 ainda estão em treinamento. A Guarda possui 249 armas para serem usadas pela corporação. Entre as exigências da Polícia Federal para emissão do porte estão certidões negativas de antecedentes criminais e comprovação de capacidade para manuseio de arma de fogo.

Preso quebra as pernas ao tentar fugir de cadeia

Um preso ficou ferido ao tentar fugir da cadeia de Formosa do Oeste, no Paraná, durante a madrugada desta sexta-feira (23). Segundo a polícia, o detento quebrou as pernas após tentar pular o muro da unidade. Ele sofreu uma queda de quatro metros de altura e precisou de atendimento médicos. Outros seis presos conseguiram fugir pelo solário da cadeia e estão sendo procurados. São eles: Vitor Hugo Moreira, Valdeir José da Silva, Rodrigo Rufino de Oliveira, Deivid Felipe Gonçalves da Rosa, Lincoln Victor Gabriel Costa e Luiz Eduardo Ferreira dos Reis. O preso ferido, Anderson Possamai, foi encaminhado pelo Samu ao posto de saúde local.



Fonte: Bonde Notícias