sexta-feira, 13 de novembro de 2015

Vigilância Sanitária de Sarandi apreende meia tonelada de linguiça vencida

A Vigilância Sanitária de Sarandi apreendeu nesta sexta-feira, (13) meia tonelada de linguiça com prazo de validade vencido. O produto estava no depósito do Supermercado Camilo, o produto foi levado para a sede da vigilância Sanitária, onde vai ser destruído. Segundo o Diretor Administrativo da Vigilância Sanitária, Julio Gomes Santos, o mercado foi notificado e orientado. “Nós não vamos multar o mercado por ter sido a primeira vez, eles vão assinar um termo que estão cientes que se isto acontecer novamente eles vão responder pelo ato e vão ser multados”, explica Julio. O diretor explica que a vigilância com o apoio da secretaria de saúde, vão continuar fazendo vistorias nos mercados e em todos os estabelecimentos que trabalham com alimentação. “Nós vamos fazer isto sem nenhum aviso vamos sortear uma empresa por semana, esta vai ser nossa rotina”. Contato: 9959-5579- Julio Gomes Santos 













Informou: Assessoria e Comunicação de Sarandi

Lançamento do Projeto recicla óleo queimado será dia 17 em Sarandi

A administração municipal de Sarandi em convênio com a Cooperativa de Processamento de Plásticos e Materiais Recicláveis de Sarandi, ( Cooperecológica) firmaram uma parceria com o Instituto Canção e   a Ita Resíduos para fazer a coleta do óleo pós fritura.
  O lançamento oficial do Projeto acontece no dia 17 de novembro às 9 horas na sede da Cooperativa  Cooperecológica na Rua 25 de dezembro, n° 1118 no Parque Industrial.
   O Secretario de Saneamento e Meio Ambiente, José Pedro Marçal explica que o objetivo deste trabalho é evitar a contaminação do solo e dos rios. “Nós temos que conscientizar nossos moradores da importância de se descartar este material corretamente, nós já  fazemos a coleta de materiais recicláveis a população entendeu a necessidade de separar os materias, tenho certeza que vão fazer a separação do óleo também”, afirma Marçal.
   O prefeito de Sarandi, Carlos de Paula tem pedido empenho das secretarias nas questões ambientais, recuperando nascentes, mantendo limpos os fundos de vale. “ A base de todo este trabalhado tem que ser focado nas famílias, manter a nossa cidade limpa tem que ser um trabalho conjunto da população com o poder publico. A grande maioria dos sarandienses já entenderam a necessidade desta parceria e isto vai se refletir no futuro dos nossos filhos,”diz o Prefeito.

Descarte Correto
Recolha o óleo queimado em garrafa PET, deixe na lixeira ao lado da sacola do recicla, o caminhão da coleta seletiva recolhe o óleo, o óleo será transformado em bio combustível. As garrafas PET também serão recicladas.
O recolhimento do óleo queimado começa no dia 18, fique atento ao dia da coleta em seu bairro:

Segunda feira
Jardim Paulista

Terça feira
Jardim Independência 1ª e 2ª parte

Quarta feira
Jardim Primaverão

Quinta Feira
Jardim Verão

Sexta feira
Jardim Panorama e Independência

Informou: Assessoria de Comunicação de Sarandi

Professora leva 12 facadas em sala de aula



A agressão aconteceu no final da manhã desta quinta-feira (4) dentro da Escola Estadual Ivanete Martins de Souza, na Rua Betonex, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba. 
A professora Ana Paula Marino Cesar foi atingida por 12 facadas desferidas por um adolescente de 14 anos. De acordo com informações da polícia, o aluno atacou a professora dentro da sala de aula com uma faca de 30 centímetros. 
As aulas foram suspensas logo após a agressão e uma equipe do Conselho Tutelar esteve no local. A polícia afirma que o aluno tinha problemas de disciplina e no dia anterior (3), os pais dele foram convocados para uma reunião na escola. O adolescente teria ficado revoltado com a situação, achando que estava sendo perseguido por Ana Paula, e no outro dia levou a faca com o intuito de se vingar. 
O menor tentou fugir, mas os policiais conseguiram prendê-lo em seguida.
O aluno permanece detido na Delegacia de Piraquara, já que o município não possui Delegacia do Adolescente. Ele deve responder por tentativa de homicídio.
A professora foi levada de helicóptero para o Hospital Angelina Caron, em Campina Grande do Sul. Apesar da gravidade dos ferimentos, ela não corre risco de morte.